Polícia prende segundo suspeito de matar aluna de 18 anos de Santo André

 Eduardo Marques Filho, o Dudu, estava foragido na casa da namorada, de acordo com policiais

 

suspeito
Dudu foi preso nesta sexta-feira por ser um dos suspeitos de matar a aluna Paula. Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia prendeu nesta sexta-feira (09/11) o segundo suspeito de matar em 10 de agosto a aluna de Santo André Paula Freitas Silva, de 18 anos. A estuante entregou o celular aos criminosos, mas mesmo assim foi baleada no peito quando chegava com amigas na escola por volta das 19h.

O suspeito preso é Eduardo Marques Filho, de 19 anos, conhecido como Dudu. O suspeito foi localizado pelos policiais do 6º DP (Distrito Policial) na residência da namorada. De acordo com policiais, Dudu estava foragido nesta casa há três meses. Ele já tinha sido colega de classe da estudante Paula.

O outro suspeito de participar do crime, Erick Cordeiro Pereira Soares, de 18 ano, foi preso uma semana depois do crime, após uma denúncia anônima. Ele estava em casa, no Jardim Irene 4. A Polícia chegou aos supostos criminosos após divulgação de retrato falado feito pelas amigas da aluna morta.

Ambos serão acusados de prática de latrocínio e a pena varia de 20 a 30 anos. Os dois já tinham passagem pela polícia. Érick já foi acusado de crime de receptação, enquanto Dudu possui registros por receptação, roubo e ato infracional por dirigir sem carteira de habilitação.

No início das investigações, a suspeita era de que Dudu tinha feito o disparo, mas as novas apurações apontaram que Érick teria sido o autor do tiro no peito da estudante. No dia do crime, Dudu seria o condutor da moto modelo XRE 300.