Polícia divulga retrato falado de assassinos de aluna de Santo André

 Paula de Freitas Silva foi morta ao entregar o celular para dois assaltantes em frente da Escola Paulo Emílio, na quinta-feira

retrato falado
Polícia faz retrato falado de bandido que disparou contra aluna. Foto: Reprodução/6º DP

A Polícia já fez o retrato falado dos dois bandidos que participaram na semana passada do assalto contra uma aluna de 18 anos de Santo André. Mesmo ao entregar o celular, Paula de Freitas Silva foi baleada e morta na noite da última quinta-feira (09/08). A estudante estava com outras duas amigas e foram abordadas quando se dirigiam para a escola Paulo Emílio. O Colégio fica, na rua dos Ciprestes, no Jardim Irene.

De acordo com a Polícia, testemunhas possibilitaram que os investigadores  fizessem o retrato falado dos dois criminosos nesta segunda-feira (14/08). O setor de investigação do 6º DP (Distrito Policial) de Santo André, responsável pelo caso, também informou a moto usada no dia do crime:  XRE 300, na cor preta.

A Polícia afirmou ao ABCD Jornal que desde quinta-feira já fez várias diligências, mas ainda não localizou os assassinos. Segundo o 6º DP, não foi o primeiro assalto dos dois bandidos e outras vítimas também prestaram depoimentos que possibilitaram a identificação da moto, do capacete do garoupa da motocicleta (capacete marca San Marino) e também a elaboração do retrato falado.

retrato falado
Comparsa de autor dos disparos contra a aluna também tem retrato falado. Foto: reprodução/6º DP

Celular

A jovem assassinada deu o celular na mão do assaltante, mas um dos criminosos não gostou da maneira como ela entregou o aparelho e disparou um tiro no peito da estudante.
Paula foi levada para ao Hospital Estadual Mário Covas, mas não resistiu e morreu. As amigas não sofreram nada.

 

retrato falado
Capacete do garoupa da moto. Foto: Reprodução/6º DP

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*