Polícia diz que jovem desaparecido em Diadema foi degolado

Investigação continua para achar criminosos; Polícia afirma que outro jovem da mesma região também foi encontrado em cova

 

jovem desaparecido
Setor de Inteligência da Delegacia de Homicídios investiga morte de jovem que estava desaparecido. Foto: Reprodução

A Polícia Civil que investiga a morte do jovem David Brandão da Silva, 23 anos, morador de Diadema, informou que o rapaz foi encontrado nesta segunda-feira (16/07) degolado. O corpo foi enterrado por criminosos em uma cova debaixo do viaduto do Jardim Ruyce, conforme reportagem publicada com exclusividade pelo ABCD Jornal. David estava desaparecido desde 22 de junho, quando saiu por volta das 17h do salão de cabeleireiro onde trabalhava para levar uma cesta básica em sua casa. O estabelecimento fica no Jardim Inamar.

O corpo de David foi encontrado pelos policiais após carta anônima colocada na casa do tio do jovem, Pedro Batista da Silva.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Diadema, no último dia 30, também foi encontrado outro jovem (Lucas) da mesma região, enterrado em uma cova. O rapaz também estava desaparecido. A Polícia apura os dois fatos, assim como outros 90 casos de desaparecidos em Diadema em 2018.

Enterro

O enterro do jovem David ocorreu nesta terça-feira, às 11h, no Cemitério Municipal de Diadema. A família estava desolada. “Estamos muito tristes com a situação. O David era um menino trabalhador. Ele trabalhava comigo no salão de cabeleireiro desde 11 anos de idade. Fui eu que ensinei meu sobrinho a cortar cabelo”, disse o tio Pedro Batista da Silva.

Ele afirmou que está sendo muito difícil para a família enfrentar essa situação, sem saber o motivo do assassinato. O jovem desaparecido era casado e era pai de um bebê de um ano e meio.