Jovem desaparecido em Diadema em 22 de junho é encontrado morto

Corpo estava enterrado em uma mata que fica debaixo do viaduto do Jardim Ruyce; carta anônima deu pistas para Polícia encontrar rapaz

jovem desaparecido
Jovem está desaparecido desde sexta-feira. Foto: Divulgação

O jovem David Brandão da Silva, 23 anos, morador de Diadema, que estava desaparecido desde 22 de junho foi encontrado morto nesta segunda-feira (16/07), às 16h. O corpo estava enterrado em uma mata que fica debaixo do viaduto do Jardim Ruyce. “No fim de semana, recebi uma carta anônima na minha casa que indicou onde estava o corpo. A Polícia foi e constatou que era verdade, infelizmente. Não está sendo fácil para a nossa família”, disse o tio do rapaz Pedro Batista da Silva, que esteve junto com a Polícia no local.

De acordo com Pedro, a família estava muito angustiada com o desaparecimento. A última vez que o rapaz foi visto foi quando saiu de seu salão de cabeleireiro, na rua Caviúna, no Jardim Inamar, para levar uma cesta básica até sua residência.

Neste mesmo dia, um amigo de David foi morto por criminosos na frente de sua residência. O colega era um defensor das atividades da Polícia.

O tio afirmou que o pai de David, o aposentado Damião Vivaldo da Silva, passou mal com a notícia. O jovem desaparecido era casado e era pai de um bebê de um ano e meio.

Mais casos

Mais de 90 pessoas desapareceram em Diadema neste ano. O aumento dos desparecimentos em relação ao ano passado é de 25%, de acordo com informações do setor de Inteligência da Delegacia de Homicídios da cidade. Do total de casos de sumiço de pessoas, 49% não foram localizados ainda.

Apenas 10% dos casos localizados fizeram Boletim de Ocorrência de Encontro. De acordo com a Polícia Civil, existe a necessidade de se fazer esse tipo de registro, porque as pessoas que desaparecem ficam com os documentos suspensos. A informação obtida pela reportagem do ABCD Jornal é de em certos casos, o desaparecido que não avisa que retornou é porque tem envolvimentos com a criminalidade.

O setor e Inteligência da Delegacia de Homicídios ainda analisa quais os motivos do aumento no número de desaparecimento de pessoas no execício de 2018. Ainda não há dados se existe relação com o crescimento no uso de entorpecentes ou participação em pancadões, com bailes funks, nos quais, muitas vezes, são utilizados para o tráfico de drogas.

 

3 Comentários

  1. O senhor conforta o coração desses familiares o diabo veio pra roubar matar e destruí mas o senhor da vida eterna o fim dos que tira vida dos outros e morrer com mesma arma que gere o próximo com faucidade

  2. Diadema esta jogado,o prefeito e um lixo nao faz nada em diadema para combate a criminalidade e a policia tb

    • Eu sei o que a familia esta passando que deus venha conforta seu corações bandido eles não tem deus no coração e nem tem nada a perder pra eles essa vida não valeu nada como se fosse lixo que eles enterraram mas pra deus era preciosa mas o senhor sabe de tudo e tudo ele vê a justiça de deus tarda mas não falha tenha certeza deus abençoe a todos!!!

Comments are closed.