Justiça determina afastamento da vereadora Elian Santana do mandato

Mais visitadas

Presidente da Câmara não abrirá comissão de ética por enquanto e diz que Legislativo não pode “crucificar” a vereadora de forma imediata

 

comissão de ética
Presidente da Câmara mantém cautela quanto ao caso da vereadora Elian, mas Sargento Lobo defende Comissão de Ética. Foto: Gislayne Jacinto

 

A Justiça determinou nesta terça-feira (27/11) o afastamento do mandato da vereadora Elian Santana (SSD), acusada de participação em fraudes no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Elian foi presa nesta segunda-feira (26/11) durante operação da PF, acusada de acelerar a aposentadores de funcionários do Banco do Brasil e empresas de telefonia por meio de supostos pagamentos entre R$ 9 mil e R$ 15 mil. O afastamento é por tempo indeterminado e foi solicitada pela AGU  (Advocacia Geral da União).

O presidente da Câmara de Santo André, Almir Cicote (Avante), descartou abrir comissão de ética para a vereadora Elian Santana (SSD) antes de as conclusões das investigações feitas pela PF (Polícia Federal) sobre eventual participação da parlamentar nas fraudes.  

Vamos aguardar a decisão da Justiça. Temos pouca informações do que acontecia. Não dá para crucificar a vereadora de forma imediata”, disse o presidente.

Cicote acrescentou que todos receberam a denúncia com surpresa. “Existe um jargão que é: todos respondem pelos seus atos. Nem sei se Elian realizou esse procedimento. Está sob suspeita”, afirmou.

De acordo com o chefe do Legislativo, a assessoria parlamentar o procurou para dizer que a PF não encontrou nenhuma quantidade elevada em dinheiro com Elian. Foi informado ao presidente que ela tinha R$ 83 na carteira. “Vamos aguardar o desenrolar dos fatos”, afirmou.

 

 

Elian Santana foi presa nesta segunda-feira pela PF. Foto: Divulgação/Facebook/Câmara

 

O vereador Sargento Lobo (SSD) foi o único da Câmara a usar a tribuna e pedir uma Comissão de Ética para a vereadora. “Quero saber qual será o procedimento desta Casa, pois nesta segunda-feira me senti envergonhado. Condutas dos vereadores têm de ser apuradas e essa vereadora é suspeita de cometer fraudes no INSS”, disse o vereador. Elian é desafeto de Lobo e entrou até com pedido de comissão de ética contra o colega de bancada por ofensas pessoais e plenário.

Para Lobo, o caso de Elian pode afetar a credibilidade da instituição. “A Câmara tem de dar uma resposta e apurar se ela quebrou o decoro com suas atitudes”, afirmou o parlamentar que usou a tribuna para fazer cobrança aos demais colegas.

O único a rebater o fato foi o presidente da Câmara que considerou as declarações de Lobo como sendo “infelizes”.

 

comissão de ética
Gabinete da vereadora Elian não prestou expediente nesta terça. Foto: Gislayne Jacinto

Sem expediente

O gabinete da vereadora Elian Santana sequer prestou expediente nesta terça-feira (27/11), dia de sessão no Legislativo.  Além da parlamentar, acusada de acelerar aposentadorias, foi presa pela PF a chefe de gabinete, Luciene Aparecida de Souza. 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações