Em 10 anos, Hospital de Clínicas de S.Bernardo registra 650 mil consultas e 69 mil cirurgias

Mais visitadas

Equipamento recuperado em 2017 é referência em politrauma, infarto agudo no miocárdio, captação de órgãos e cirurgia cardíaca pediátrica

fachada do Hospital de Clínicas de São Bernardo
Em dez anos, Hospital de Clínicas de São Bernardo registra mais de 650 mil consultas e 69 mil cirurgias. Foto: Divulgação/PSBC

Inaugurado em 2013, mas colocado em pleno funcionamento a partir de 2017, o Hospital de Clínicas de São Bernardo completa, neste mês de dezembro, dez anos de funcionamento. Desde sua abertura, o equipamento de saúde de média e alta complexidade alcançou a marca de 650.294 consultas ambulatoriais e 69.185 cirurgias realizadas, sendo 621 crianças operadas com diagnóstico de cardiopatia congênita. No período, foram 97.386 internações e mais de 658.273 exames de imagem.

Considerado um dos mais modernos hospitais públicos do País e com arquitetura que privilegia a humanização dos ambientes, o hospital tem atualmente capacidade instalada de 266 leitos, sendo 50 de UTI adulto, dez de UTI pediátrica, 180 de enfermaria adulto, 17 de enfermaria pediátrica e nove leitos de hospital dia. O atendimento foi ampliado para 100% da capacidade a partir de 2017. Antes disso, a unidade vinha operando com apenas 40% de sua estrutura, com alas inteiras desativadas.

“Fizemos um amplo trabalho de recuperação do HC, com a expansão dos atendimentos, inauguração de um heliponto para maior mobilidade de pacientes e captação de órgãos, implantação de centro de endoscopia, de centro de diagnósticos, enfim. Uma reestruturação completa com tudo o que um hospital deste porte pode oferecer”, explicou o prefeito Orlando Morando.

Com a remodelação, o hospital passou a ser referência no Estado no tratamento de politrauma (múltiplas lesões), fratura de ossos longos em idosos, Infarto Agudo no Miocárdio (IAM), captação de órgãos – foram 105 no total – e, a partir de 2018, em cirurgia cardíaca pediátrica, por meio de parcerias com o Governo do Estado e com o Instituto do Coração (Incor).

O hospital também é referência para o ensino de graduação, pós-graduação e residências médica e multidisciplinar, em parceria com a Faculdade de Medicina do ABC. “É uma parceria muito importante, porque além de toda a excelência, o hospital também forma pessoas em todos os níveis, seja na graduação, pós-graduação, residência e até por meio de escolas técnicas”, sintetizou o secretário de Saúde de São Bernardo, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

SERVIÇO DE EXCELÊNCIA

O Hospital de Clínicas foi o primeiro equipamento municipal do Brasil a receber a certificação internacional Qmentum, uma das mais conceituadas acreditações em nível internacional, que atesta a excelência dos serviços prestados aos pacientes. A certificação, conquistada em 2019 e revalidada em 2022, assegura atendimento de requisitos internacionais de governança e boas práticas assistenciais, com cumprimento de diretrizes de qualidade e segurança dos pacientes. O equipamento também recebeu o prêmio Ibross 2022, ficando no 19º lugar entre os melhores hospitais públicos do Brasil.

ESTRUTURA

Com instalações que ocupam 36 mil m² de área construída, o HC de São Bernardo conta com 13 salas de cirurgia, 22 salas de ambulatório e um Centro de Diagnóstico por Imagem, com ressonância e tomografia, otoscopias, ultrassom, RX e hemodinâmica. O HC realiza procedimentos cirúrgicos em mais de dez especialidades médicas. Por ser um hospital referenciado que atua de portas fechadas, os pacientes devem ser encaminhados por alguma unidade da rede básica de saúde, Policlínica ou UPA, por meio da Central de Regulação.

Mais publicações

Últimas publicações