Sto.André começa a ter ações da Operação Delegada com mais PMs nas ruas

Mais visitadas

Policias militares foram destacados para pontos espalhados pela cidade para combater a criminalidade na cidade

policiais militares
Santo André começa a receber ações da Operação Delegada. Foto: Divulgação

Santo André começou a receber nesta quarta-feira (14/06) as primeiras ações da Operação Delegada da Polícia Militar, com o objetivo de reforçar o combate à criminalidade em diversos pontos da cidade. Equipes saíram do 10º Batalhão da PM, no bairro Campestre, e se dirigiram ao Centro, para reforçar a segurança na região da Praça 18 do Forte e da Rua Coronel Oliveira Lima.

A atividade na região central ocorrerá de segunda a sexta e será aos poucos ampliada para outros comerciais no segundo semestre. Aos finais de semana quatro parques também passarão a receber a Operação Delegada: Parque Regional da Criança, Central, Guaraciaba e Celso Daniel.

O trabalho é resultado do convênio assinado em abril junto à Secretaria de Estado da Segurança Pública para aumentar o número de policiais militares nas ruas da cidade, dentro da Operação Delegada. Essa atividade propõe que policiais que estão em período de folga possam atuar em operações especiais, rondas ostensivas e proporcionar maior segurança para a população.

O incremento do efetivo nas ruas será de 20% a 30% de policiais militares, que receberão horas extras pagas pelo município. O investimento da cidade será de R$ 5 milhões ao ano, sendo que metade do valor será destinada aos profissionais da Polícia Militar, e a outra parte será repassada aos Guardas Civis Municipais que já atuam nesta modalidade em Santo André.

Na ocasião da assinatura do convênio foi autorizada pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Guilherme Derrite, a realização de um estudo de viabilidade para que Santo André receba também uma sede da cavalaria da Polícia Militar.

“Este será um marco importante para o andamento da diminuição das taxas criminais. A Operação Delegada é um instrumento que confere mais sensação de segurança aos andreenses e iremos dar continuidade a este processo com o novo convênio”, destacou o prefeito Paulo Serra.

O secretário de Segurança Cidadã, Vlamir Machado, adiantou que o trabalho passará aos poucos para novos estágios. “Futuramente iremos pensar em novos planejamentos. Com o convênio assinado, o primeiro passo é fazer funcionar, criando a rotina administrativa e dando andamento ao processo de crescimento. A Operação Delegada não tem prazo determinado e seguirá avançando”, disse.

Mais publicações

Últimas publicações