S.Bernardo torna programa de educação em tempo integral política pública permanente

Mais visitadas

Implementado pelo prefeito Orlando Morando em 2017, programa municipal “Educar Mais” oferece jornada de nove horas diárias aos estudantes

Programa Educar Mais
São Bernardo torna programa municipal de educação em tempo integral política pública permanente. Foto: Divulgação

Com o objetivo de tornar permanentes as melhorias realizadas na educação municipal de São Bernardo, o prefeito Orlando Morando sancionou legislação que institui o programa de ensino em tempo integral como política pública do município. Criado em 2017, o Educar Mais ampliou a jornada escolar para nove horas por dia, com oferta de diversas possibilidades de aprendizagem, integrando às disciplinas tradicionais aulas de inglês e italiano, educação ambiental, iniciação científica, robótica e música, por exemplo, além de ofertar quatro refeições diárias aos estudantes (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar).

“Estamos transformando a educação municipal e, pensando no futuro das nossas crianças, é um direito delas que o programa de educação em tempo integral permaneça, receba os devidos investimentos e seja ampliado. Não tenho dúvidas de que esse é o desejo de todos os pais e mães de São Bernardo, que vão continuar podendo trabalhar com tranquilidade sabendo que seus filhos estarão na escola, aprendendo, se desenvolvendo e socializando, em segurança e recebendo uma alimentação de qualidade”, ressalta o chefe do Executivo.

A Lei 7.257, de 23 de novembro de 2023, estabelece que as matrizes curriculares nas escolas de tempo integral dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) contemplarão 25 horas semanais destinadas aos componentes curriculares da Base Nacional Comum e 20 horas semanais à parte diversificada do currículo (línguas estrangeiras, tecnologias, iniciação científica, jogos, musicalização, cultura do movimento, educação ambiental, linguagens artísticas, entre outras), totalizando 45 horas semanais de jornada. Já na Educação Infantil (creche e pré-escola), a carga horária mínima deve ser de no mínimo 7 horas diárias ou 35 horas semanais, assegurando aos estudantes a indissociabilidade entre o cuidar e o educar.

Secretária de Educação de São Bernardo, Sílvia Donnini observa que o Programa Educar Mais cria múltiplas oportunidades de aprendizagem aos estudantes e tem como principal objetivo o pleno desenvolvimento das crianças em todas as suas dimensões: intelectual, física, afetiva, social e cultural, na perspectiva de uma educação integral. “As atividades do currículo diversificado são ministradas em alternância ao currículo regular, rompendo com a dicotomia do turno e contraturno, e permitindo uma conexão entre as aprendizagens e um currículo único com os diversos saberes”, diz.

AMPLIAÇÃO

Desde que foi criado, em 2017, o Programa Educar Mais vem sendo ampliado de forma expressiva. Atualmente, 55% das unidades escolares municipais de São Bernardo atendem a política de educação em tempo integral, contemplando 30% dos estudantes matriculados. O programa atende, ainda, as legislações que tratam da manutenção e desenvolvimento do ensino, como a Constituição Federal, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), Estatuto da Criança e do Adolescente, Marco Legal da Primeira Infância, Base Nacional Comum Curricular, Plano Nacional da Educação, Plano Municipal da Educação e Plano Municipal para a Infância e Adolescência de São Bernardo do Campo.

Mais publicações

Últimas publicações