8 de dezembro de 2021

Primeiro dia do toque de recolher em São Bernardo tem ruas vazias

Mais visitadas

Com 18 pontos de bloqueios espalhados pelo município, Prefeitura conteve circulação de pessoas em território da cidade e não registrou festas irregulares

 

Primeiro dia do toque de recolher em São Bernardo tem ruas vazias. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

Em mais iniciativa para conter o avanço da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de São Bernardo iniciou neste fim de semana operação de toque de recolher em todo território da cidade. Com 18 pontos de bloqueios de segurança espalhados pelo município, o primeiro dia da operação foi marcado por ruas vazias e respeito as normas sanitárias impostas pela Administração municipal.

A operação, iniciada às 21h de sábado (27/02) e encerrada às 4h da manhã deste domingo (28), resultou na abordagem de 2.562 veículos nas barreiras sanitárias instaladas em pontos estratégicos do município, enquanto outras 3.193 pessoas foram orientadas em toda cidade. A ação foi comandada pela Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio de agentes das polícias Civil e Militar.

Durante o toque de recolher, três condutores abordados nos bloqueios foram conduzidos à delegacias da cidade por desrespeito aos itens regulatórios impostos pela Prefeitura, sendo dois deles por embriaguez ao volante e um por desobediência e desacato a autoridade policial, no momento da abordagem. Todos ficaram à disposição da Justiça. Houve ainda aplicação de multa a outros 168 motoristas por infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro.

Outros 14 estabelecimentos foram orientados pelas equipes de fiscalização e encerraram suas atividades, sem resistência. Durante a vigência do toque de recolher, não houve registro de pancadões e festas irregulares em São Bernardo.

Na avaliação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, o primeiro dia operação na cidade se mostrou positivo, com efeitos práticos na diminuição de circulação na cidade. “Após este primeiro dia do toque de recolher, a mensagem que fica é de agradecimento aos moradores de São Bernardo por terem respeitado nosso apelo, o que nos permitiu observar ruas vazias, sem grandes movimentações. Um primeiro resultado importante e que se faz necessário para que a cidade possa conter o avanço da pandemia”, afirmou o chefe do Executivo que, na noite de sábado, percorreu três pontos de bloqueios do município.

 

Na avaliação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, o primeiro dia operação na cidade se mostrou positivo, com efeitos práticos na diminuição de circulação na cidade. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

BLOQUEIOS – Para conter a circulação de veículos e pedestres na cidade, a Prefeitura de São Bernardo implantou bloqueios de segurança em diversas regiões, entre elas as avenidas Kennedy (Jardim do Mar), Dom Pedro de Alcântara (Vila São Pedro), Pereira Barreto (Centro), Estrada dos Alvarengas, dentre outras. O patrulhamento de rotina e as rondas ostensivas também reforçaram a ação.

ENFRENTAMENTO – A adoção da operação de toque de recolher em São Bernardo se baseou em parecer do Comitê de Combate ao Coronavírus, após o município registrar aumento da ocupação de leitos de UTI na rede municipal e privada, além de avanço da média móvel de óbitos em decorrência da Covid-19.

A medida segue vigente até o dia 7 de março, quando a ação será reavaliada pela Prefeitura de São Bernardo. Até lá, as atividades comerciais e de serviços da cidade serão encerradas às 21h. O transporte coletivo municipal, por sua vez, ficará suspenso das 22h às 4h.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações