Prefeitura de São Bernardo intensifica mobilização contra a dengue

Mais visitadas

Mutirões de combate ao Aedes aegypti começam nesta segunda-feira e vão até o início de dezembro em áreas com maiores indicadores da doença

Dengue
Prefeitura de São Bernardo intensifica mobilização contra a dengue. Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Bernardo amplia a partir desta segunda-feira (30/10) as mobilizações contra a dengue, por meio de mutirões de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor de arboviroses como a dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela urbana. As ações se estendem até o início de dezembro, com foco em bairros que apresentaram maior incidência epidemiológica e entomológica ao longo de 2023 e áreas de divisas com outros municípios. A iniciativa faz parte da programação pelo Dia Nacional de Combate ao Dengue, comemorado em novembro de cada ano.

Ao longo de novembro, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vão percorrer residências e estabelecimentos comerciais do bairro Baeta Neves para identificar possíveis criadouros das larvas do mosquito transmissor das doenças e levar orientações sobre como evitar a proliferação da doença. Entre os dias 6 e 10 de novembro será a vez do bairro Planalto receber a ação, que segue entre os dias 13 e 17 de novembro pela Vila União (Alvarenga), de 20 a 24 pelo Taboão e Paulicéia e de 27 de novembro a 1º de dezembro pelo bairro DER.

“Nossas equipes realizam vistorias domiciliares o ano todo, mas as ações são reforçadas em novembro com essa grande mobilização. É muito importante que as famílias abram as portas para os nossos agentes, que estão devidamente identificados, para que possamos juntos eliminar os riscos e reduzir os indicadores dessas arboviroses”, destacou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

TRABALHO CONTÍNUO

São Bernardo foi um dos primeiros municípios a aderir ao Programa de Combate à Dengue no ano de 1999, ou seja, há 24 anos. Desde então, as ações de combate e prevenção à dengue e às demais arboviroses são permanentes e realizadas pelo CCZ durante o ano inteiro, com mutirões para eliminar os possíveis criadouros e ampliar a conscientização da população quanto às medidas preventivas, feitos em regiões mais propícias ao mosquito.

De janeiro a outubro de 2023 foram visitados 555.871 imóveis e encontradas e eliminadas 5.469 larvas e 759 focos do mosquito Aedes aegypti.

Confira algumas dicas sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti:

  • Retire os pratos dos vasos
  • Guarde pneus em locais cobertos
  • Tampe bem a caixa-d´água
  • Deixe garrafas viradas para baixo
  • Limpe as calhas
  • Tampe lixeiras e amarre os sacos de lixo

Em caso de denúncias sobre focos do mosquito ou dúvidas sobre arboviroses, basta ligar para os números (11) 4365-3349 / (11) 4367-3306 / (11) 4368-8153.

Mais publicações

Últimas publicações