Prefeito Orlando Morando congela tarifa de ônibus em 2020

 Decisão foi tomada devido ao andamento do processo licitatório para concessão do sistema de transporte público municipal

 

Decisão foi tomada devido ao andamento do processo licitatório para concessão do sistema de transporte público municipal. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

 

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, anunciou nesta segunda-feira (06/01) o congelamento da tarifa de ônibus municipais em 2020. Com a decisão, a custo da passagem em vigor atualmente, no valor de R$ 4,75, não sofrerá nenhuma alteração ao longo do ano, beneficiando assim, cerca de 250 mil passageiros que utilizam diariamente o transporte público da cidade.

A decisão, segundo o chefe do Executivo, foi motivada devido ao andamento do processo licitatório para nova concessão do sistema de transporte público. “O edital que lançamos apresenta às empresas interessadas que a atual tarifa do município é R$ 4,75, o que nos permite manter este valor ao longo deste ano, sem reajuste”, explicou o prefeito.

Publicado em dezembro, o edital para nova concessão prevê série de melhorias no sistema, entre elas a substituição gradativa dos atuais veículos a diesel para modelos híbridos e elétricos, cuja tecnologia permitirá a redução da emissão de poluentes na cidade.

SISTEMA

Composto por uma frota de 423 veículos, divididas em 68 linhas municipais, o transporte público de São Bernardo foi apontado no ano passado como o melhor entre as 10 maiores cidades do Estado de São Paulo, segundo a Pesquisa INDSAT (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos).

O setor tem recebido investimentos da Administração municipal. Desde 2017, a Prefeitura já realizou a entrega de dois novos corredores exclusivos de ônibus (João Firmino e Alvarenga), além do terminal Grande Alvarenga.  Para este ano, a Prefeitura prevê ainda a inauguração do Terminal Batistini.

Na atual gestão, a frota de ônibus municipal também recebeu 105 novos veículos. Todos os veículos contam com itens acessibilidade, conexão wi-fi, ar-condicionado, tomadas USB, TV a bordo e nova comunicação visual. No período foram reformados ainda 1.276 abrigos das paradas de ônibus da cidade, incluindo, a instalação de nova iluminação.

GRATUIDADE

Além de garantir o congelamento da tarifa, a Prefeitura seguirá contemplando parcela dos usuários do sistema com o benefício da gratuidade para o transporte público municipal. A medida, conforme previsto em lei, é concedida atualmente para estudantes, aposentados, pensionistas, idosos (a partir de 60 anos), portadores de deficiência física ou mentais e um acompanhante (se necessário).