Postos de combustível são autuados e lacrados no ABCD

Foram encontrados problemas em quatro postos, sendo dois em Santo André, um em São Bernardo e outro em São Caetano

postos
Um dos postos autados fica na rua Ariático, em Santo André. Foto: Reprodução

O IPEM-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado que tem como finalidade proteger o consumidor, realizou na última quarta-feira (26/09), mais uma etapa da Operação Olhos de Lince, em postos de combustíveis na região do ABCD.

As equipes de fiscalização do IPEM-SP verificaram dez postos de combustíveis nas cidades de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano e Mauá. Foram autuados cinco (50%). Ao todo foram analisadas 145 bombas, sendo reprovadas 42 (29%). Foram apreendidas 27 placas das bombas de combustíveis e 12 pulsers para análise em laboratório com indícios de fraude.

Os principais erros encontrados foram plano de selagem violados e menos 2000ml a cada 20 litros abastecidos.

Os postos com irregularidades terão dez dias para apresentar defesa junto ao instituto. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.

Lacração

Quatro postos de gasolina do ABC foram autuados ou lacrados, nesta quarta-feira, após essa operação Olhos de Lince. Houve caso de “bombas baixas”, que significa a entrega de uma quantidade de combustível menor do que o indicado na bomba.

Dos quatro locais que apresentaram os principais problemas, dois ficam em Santo André, sendo um na avenida Valentim Magalhães, na Vila Guarani, e outro na rua Adriático, no bairro Jardim do Estádio. Em São Caetano, foi autuado um na avenida Goiás e lacrado outro em São Bernardo, na avenida Lions.

Fiscalização do IPEM-SP

Diariamente, as equipes de fiscalização do IPEM-SP verificam as bombas dos postos de combustíveis dos municípios do Estado de São Paulo por meio das suas 14 regionais no interior, litoral e Grande São Paulo e mais quatro nas regiões norte, sul, leste e oeste da capital.

De janeiro até agosto de 2018, o IPEM-SP, durante as ações de rotina, fiscalizou 7.264 postos de combustíveis no Estado de São Paulo. Foram verificadas 85.042 bombas de combustíveis com 5.002 reprovações.