Policial civil é morto dentro da delegacia no momento que ia liberar preso

 Agente foi assassinado com a própria arma na madrugada deste domingo

 

Policial civil é morto dentro da delegacia no momento que ia liberar preso. Foto: Reprodução

 

O investigador Osafa Pereira da Cruz, de 41 anos, foi assassinado na madrugada deste domingo (06/09) no momento que foi liberar o preso Genivaldo Peixoto da Silva, de 38 anos, que tinha sido detido na noite deste sábado (05/09), por violação de domicílio e consumo de drogas.

O crime foi dentro da delegacia de Paranavaí, no Paraná. Os funcionários do DP ouviram os disparos e acionaram a PM (Polícia Militar) que localizou o investigador e o preso mortos no chão.

O investigador foi alvejado por vários disparos enquanto o preso tinha uma marca na cabeça.

De acordo com a Polícia, a arma do policial estava ao lado Genivaldo. Investigadores acreditam que o preso teve um surto, assassinou o agente e se matou na sequencia.

O investigador estava há 11 anos na Polícia Civil. Ele deixa esposa e dois filhos.