PM monta Sala de Gerenciamento de Incidentes para acompanhar greve

Mais visitadas

Órgãos estaduais e municipais monitoram situação em tempo real paralisação dos metroviários e ferroviários

sala da PM
PM monta Sala de Gerenciamento de Incidentes para acompanhar greve. Foto: Divulgação
A Polícia Militar (PM) acionou a Sala de Gerenciamento de Incidentes nesta terça-feira (28/11), após o início da greve que atinge o Metrô, a CPTM, a Sabesp e as escolas estaduais de São Paulo.
Desde as primeiras horas da manhã, policiais do comando da capital, da região metropolitana, do comando de Aviação, do policiamento de Choque, da Coordenadoria Operacional, do policiamento de Trânsito, Rodoviário, do Centro de Operações e da Comunicação Social monitoram os desdobramentos da paralisação e como ela afeta o dia da população na capital paulista.
A Sala de Gerenciamento de Incidentes, instalada no Centro de Operações da PM, acompanha em tempo real o atendimento de ocorrências das viaturas de radiopatrulha na capital paulista e realiza o monitoramento de possíveis tumultos em decorrência da greve.
Outros órgãos do estado e do município também estão com representantes na sede da PM. Metrô, CPTM, Sabesp, Companhia de Engenharia de Tráfego, Via Mobilidade, entre outros, permanecem na Sala de Gerenciamento atualizando a situação em tempo real. A integração permite o acionamento dos serviços de emergência em um curto período de tempo, além de otimizar a troca de informações e processos de tomada de decisão.
Um plano de operações foi acionado para intensificar as ações de policiamento ostensivo durante o dia na cidade de São Paulo. O objetivo é o de garantir a segurança e os direitos de todos os cidadãos.
A PM reforçou as ações com presença de policiamento por meio das operações visibilidade e saturação em pontos de grande circulação e concentração de pessoas para coibir a prática de delitos em diferentes pontos da capital. Todo o serviço empenhado é realizado de forma estratégica com uso de inteligência policial de acordo com a dinâmica dos acontecimentos pontuais.

Veja o Boletim desta manhã

BOLETIM GOVERNO DO ESTADO – GREVE METRÔ, CPTM E SABESP – 28/11/2023 – 9H15

Oficiais de Justiça estiveram nos Centros de Controle Operacionais (CCO) do Metrô e da CPTM para verificar o cumprimento da decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que determinou o funcionamento mínimo de 85% do contingente de trabalhadores da CPTM e 80% dos serviços do Metrô nesta terça-feira (28) nos horários de pico. A determinação vale para os períodos das 4h às 10h e 16h às 21h na CPTM e 6h às 9h e das 16h às 18h no Metrô. Até o momento, os percentuais não vêm sendo cumpridos.

Para os outros horários, o magistrado determinou a operação de 60% nos serviços da CPTM e no Metrô. Caso haja descumprimento, há multas diárias previstas de R$ 600 mil para os sindicatos dos ferroviários e R$ 700 mil para o sindicato dos metroviários.

As companhias fizeram convocação nominal e individual dos funcionários de acordo com a escala e o quantitativo previsto pelo judiciário. As medidas legais cabíveis serão adotadas pelo não comparecimento ao trabalho.

Para a Sabesp, o contingente mínimo referente a serviços essenciais definido pela Justiça é de 80%, sob pena de multa de R$ 100 mil. A decisão judicial vem sendo cumprida no caso da Companhia de Saneamento Básico.

Funcionamento das Linhas do Metrô e da CPTM
Desde as primeiras horas da manhã, as equipes diretivas das três empresas estão monitorando a adesão à greve e adotando as medidas de contingência necessárias para minimizar os impactos na prestação dos serviços públicos à população.

As linhas de transporte metropolitano concedidas, linha 4-Amarela e 5-Lilás de metrô e 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos, operam normalmente.

No momento, a CPTM e o Metrô funcionam parcialmente e operam da seguinte forma:

Metrô
• Linha 1- Azul: funcionando de Tiradentes até Ana Rosa com intervalo de 6 minutos
• Linha 2- Verde: Alto do Ipiranga até Clínicas com intervalo de 6 minutos
• Linha 3-Vermelha: Bresser até Santa Cecília com intervalo de 5 minutos
• Linha 15- Prata: fechada

CPTM
• Linha 7- Rubi: funcionando de Luz a Caieiras com intervalo de até 8 minutos
• Linha 10- Turquesa: fechada
• Linha 11-Coral: Luz até Guaianases com intervalo de até 6 minutos
• Linha 12- Safira: Brás até Calmon Viana com intervalo de até 8 minutos
• Linha 13- Jade: Engenheiro Goulart até Aeroporto de Guarulhos com intervalo de até 30 minutos
Com a chegada mais profissionais na CPTM, a previsão é que a Linha 10 – Turquesa funcione das 10h às 15h entre as estações Brás e Mauá.

As integrações estão abertas nas estações que estão funcionando.

Ônibus

Os ônibus municipais e intermunicipais circulam normalmente nesta terça-feira (28). As linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU funcionarão com intensificação da operação e extensão de itinerário em mais de 30 linhas estratégicas para amenizar os impactos da greve. Além do reforço na quantidade de veículos e aumento de partidas realizadas, as linhas terão seus pontos finais na capital alterados para que os passageiros sigam até as estações que poderão estar funcionando, ou até a conexão com as linhas da SPTrans.

Sabesp

Todos os sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos seguem operando regularmente.

Ponto Facultativo

O Governo de São Paulo determinou ponto facultativo nos serviços públicos estaduais da capital nesta terça-feira (28). O objetivo é reduzir os prejuízos à população, garantindo a remarcação de consultas, exames e demais serviços que estavam agendados para a data da greve. Os serviços de segurança pública não serão afetados, assim como os restaurantes e postos móveis do Bom Prato, que vão continuar a oferecer normalmente as refeições previstas para terça. As consultas em Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) da capital e em outras unidades de saúde estaduais terão seus reagendamentos garantidos, assim como nos postos do Poupatempo. O ponto facultativo não se aplica à Secretaria de Educação em virtude da preparação do Provão Paulista Seriado e da manutenção do calendário escolar. Os postos de coleta da Fundação Pró-Sangue funcionam normalmente.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações