17 de maio de 2021

Padrasto que matou enteado já está em Santo André

Mais visitadas

 Ambulante fez exame de corpo delito no IML, prestou depoimento no 2º Distrito Policial e foi transferido para o CDP

matou
Dentinho se apresentou nesta terça no Rio de Janeiro e foi transferido para Santo André esta quarta. Foto: Reprodução

O ambulante de Santo André Waldenberg Eugênio Souza, o Dentinho, que matou na segunda-feira (15/10) o enteado Erick Ferreira Souza, de 13 anos, já foi removido do Rio de Janeiro para Santo André. Após o crime, ocorrido no bairro Utinga, o padrasto fugiu para outro Estado onde tem familiares, mas resolveu se entregar no 13º DP (Distrito Policial), no bairro de Ipanema.

A  chegada do padrasto na cidade de Santo André ocorreu por volta das 15h. O assassino confesso foi conduzido ao IML (Instituto Médico Legal) onde passou por exame de corpo delito.

O padrasto confessou o crime nesta terça-feira (16/10), em depoimento feito no Rio de Janeiro. Ele afirmou que o garoto foi morto porque se recusou a limpar o banheiro. O filho de 3 anos também foi agredido pelo pai e está internado no Hospital Estadual Mário Covas. Ele matou o enteado com uma gravata.

Dentinho prestou o segundo depoimento no 2º DP antes de ser conduzido ao CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade. O ambulante responderá por homicídio qualificado consumado, por conta do motivo fútil do crime. De acordo com o delegado José Itamar Martins, a pena pode chegar a 20 anos de prisão. 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações