Mulher que matou homem em briga de vizinhos é presa em Mauá

Discussão neste sábado também teve quatro feridos no bairro Sônia Maria

 

Briga entre vizinhos termina com quatro feridos e um morto em Mauá. Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

Uma mulher de 51 anos, identificada como  Miriam Anzelotti Monge Egídio foi presa em flagrante por homicídio, às 17h15 de sábado (14), na Rua Gerôncio Gregório Silva, Jardim Sônia Maria, em Mauá. Ela matou o vizinho Alexandre José Francisco após uma discussão.

Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e no local encontraram um homem, de 42 anos, caído já sem vida e outras quatro pessoas feridas.

Segundo foram informados, a vítima fatal teria discutido com três vizinhos Miriam, Ana Lucia Anzelotto Egídio e Celso Monge Egídioe os agredido com uma barra de ferro. Posteriormente, a indiciada Miriam teria pego uma arma de fogo e disparado contra o desafeto o atingindo.

Mesmo ferido, o homem conseguiu pegar a arma da mulher e disparou contra os três vizinhos, atingindo-os superficialmente. O genro da vítima, Luiz Henrique Fregnani dos Santos,  que tentava apartar a briga, também ficou ferido.

O resgate foi acionado e constatou o óbito do homem. As outras quatro vítimas foram socorridas ao Hospital Nardini. A indiciada permaneceu internada sob escolta policial e será encaminhada para audiência de custódia, após alta médica.

O caso foi registrado pelo 1º DP (Distrito Policial) de Mauá como homicídio simples (Consumado e tentado) que solicitou perícia ao local. A barra de ferro e a arma de fogo usadas na ocasião foram apreendidas.

 

13 Comentários

  1. Sou filha de Miriam. Esss Alexandre era um animal, acediava a mim e a minha irmã de 10 anos com palavras de baixo calão e gestos obscenos. Minha mãe atirou em legítima defesa. Ele alvejou toda minha família todos em pontos mortais. Cabeça e peito. Que a justiça seja feita e os justos absolvidos. A lei de Deus não falha!!

    • Se ele acediava pq nunca foram a polícia? E a santa mãezinha tinha uma arma com numeração raspada por qual motivo?

      • Minha mãe foi GCM e tinha a arma em casa. Se ele foi tão vítima assim, feriu mais 3 pessoas pra matar em pontos letais, tinha convicção do que fazia. A defesa está tomando medidas cabíveis e vídeos filmados anteriormente das ameacas do agressor que provam minha versão estão com a defesa.

          • Todos sabem que essa família da bandida atiradora assassina brigava com todos na rua, é mentira o que Estão dizendo sobre o Alexandre, pai de família trabalhador eu o conhecia a 20 anos, família de arruaceiros bandida foi expulsa da corporação.

        • Então a sua mãe não atirou em ponto letal? Agora vcs querem denigrir a imagem de um pai de família que apenas defendia suas filhas e esposa, mesmo mortalmente ferido ele lutou para q além dele a vida dos seus não fosse ceifada, ninguém acredita nessa história de assédio, o Alexandre nunca foi um animal e tão pouco um maníaco, era uma pessoa de bem e muito respeitosa.
          Agora tenham a decência de pagar pelo crime cometido sem manchar a reputação do nosso amigo!
          E mais uma pergunta cadê o b.o feito a respeito do assédio q vc afirma terem sofrido???

  2. Sou filha da vítima, Alexandre.
    Quero me pronunciar pois a notícia publicada precisa ser alterada. Meu pai os agrediu depois que foi baleado, isso provado em imagens já em mãos dos delegados. Essa mulher que se faz de boazinha.. sempre provocou minha família! Quem tiver dúvida, só perguntar aos vizinhos que sabem quem é esse tipo de gente. Ela tirou a vida do meu pai, que a justiça será feita! Ela é tão boazinha que tinha uma arma raspada em casa. Quero me pronunciar! Olhem as imagens das câmeras e verão quem é a verdadeira vítima! Meu pai defendeu sua família, morreu como um herói!

    • Eu era amiga muito próxima da família, e convivia diretamente com eles, conhecia o Alexandre de perto e conhecia de perto o ser humano maravilhoso que ele foi, essa versão é totalmente distorcida do que realmente aconteceu, ele não agrediu ela e nem a família dela, ela provoca uma discussão, a agressão dele foi após ela ter atirado nele e no genro dele, existem imagens que provam isso, e os relatos das testemunhas, ele estava defendendo a família depois de ameaças feitas contra a família dele. Ele foi um verdadeiro herói,estava defendendo a família dele e a Justiça será feita.

  3. Ana você falou muita merda aliás ele morreu e não tem como se defender, que coisa não sua mãe tão santa que tinha uma arminha de fogo com numeração raspada que podia matar até você mesmo… Que absurdo a sua declaração e ainda envolver o nome de Deus rs

Comments are closed.