25 de junho de 2021

Mauá Plaza Shopping inaugura loja que será administrada por ONGs

Mais visitadas

Juntas, organizações sociais beneficiadas ajudam mais de 500 famílias da Região do ABCD

Mauá Plaza Shopping inaugura loja que será administrada por ONGs. Foto: Divulgação

A pandemia de Covid-19 afetou milhares de famílias brasileiras. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) pelo IBGE, divulgada em dezembro/2020, o País tinha a marca assustadora de 14,1 milhões de pessoas desempregadas. Outro dado alarmante é o da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que aponta que a pandemia empurrou 22 milhões de pessoas à pobreza.

Diante dessa situação é o momento de empresários e sociedade se unirem. Pensando nisso, o Mauá Plaza Shopping inaugura neste mês, uma ação inédita na região: o Coletivo do Bem, espaço onde Organizações Não Governamentais (ONGs) poderão divulgar seus trabalhos.

“São tempos difíceis que levaram tantas famílias para essa situação de pobreza. O nosso projeto tem o objetivo de aproximar quem quer ajudar, daquele que precisa de ajuda. Tomamos o cuidado de abrir espaço à ONGs com trabalhos respeitados, o que nos dá a certeza de que essas doações chegarão a quem mais precisa”, aponta Ariane Oliveira, gerente de Marketing do Mauá Plaza Shopping.

O Coletivo do Bem vai funcionar com um rodízio de ONGs. A primeira a ocupar a loja disponibilizada pelo Mauá Plaza Shopping será a Instituição Beneficente Irmã Marli, que vai divulgar seus trabalhos até o dia 17/6. A Organização ajuda por dia mais de 400 crianças e adolescentes.

Durante este período, a ONG promoverá no lugar a Roda do Saber, que distribuirá livros para quem se interessar pelo projeto, doar cestas básicas ou os cupons fiscais, sem CPF cadastrados, das compras realizadas no shopping. São títulos para todas as idades e gostos.

“Nosso objetivo além de disseminar cultura é conseguir dobrar a doação de notas fiscais, que é nossa principal forma de manter o projeto. Além disso, esperamos contar com o suporte da sociedade e conseguir arrecadar alimentos para podermos distribuir nas comunidades locais”, diz María José de Sousa Beserra, fundadora da Instituição Beneficente Irmã Marli.

Após, ocuparão o lugar as Ongs: Instituição Associação Estrela Azule a Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá, ainda sem datas definidas. Juntas, as organizações sociais beneficiadas ajudam mais de 500 famílias da região. “Esperamos que a ação se torne parte do nosso calendário o ano inteiro. O shopping sempre esteve ao lado do cidadão mauaense e neste período queremos nos aproximar ainda mais da nossa comunidade”, completa Ariane.

Quem quiser visitar o shopping e conhecer mais do trabalho destas entidades precisa se atentar ao horário de funcionamento, que é de segunda a sexta-feira, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 14h às 20h.

 

 

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações