Márcio França vota e ressalta crescimento em pesquisas

 Governador que tenta a releição ficou numericamente atrás de João Doria durante toda a campanha, mas na reta final alavancou candidatura

frança
Márcio França vota e ressalta crescimento nas pesquisas. Foto: Reprodução/Twitter

 

O candidato à reeleição na disputa pelo Governo do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB), votou por volta das 10h30 em uma escola no Itaim Bibi, na Zona Sul. Ele estava acompanhado da mulher, a professora Lucia França. França fez questão de falar sobre seu crescimento nas pesquisas eleitorais deste segundo turno. Durante toda a campanha, ele esteve numericamente atrás do adversário João Doria, (PSDB) mas na reta final conseguiu alavancar sua candidatura conforme apota as pequisas.

“São Paulo vai dar um recado firme em direção à verdade e também à união. É claro que a expectativa é positiva, durante toda a campanha é a primeira vez que eu saí na frente das pesquisas, mas eu respeito muito esse resultado que é dado depois das urnas, porque no fundo as pesquisas retratam a tendência”, afirmou.

Pelo Instituto Datafolha, França tem 51% contra 49% de Doria, enquanto pelo Ibope aparece numericamente empatado com o tucano com 50% cada um. “A gente tem muitos anos na vida pública, a gente sente o instante, mas não dá para você prever, tem que ter humildade para poder esperar o resultado das urnas. Não é uma eleição tranquila para ficar comemorando, sambando em cima de balcão”, afirmou.

O governador ainda comentou as declarações de Doria de que a campanha foi suja. “Mas quem é que sujou essa campanha? Todos esses WhatsApp quando virou do primeiro para o segundo turno esparramaram milhões de WhatsApp”, afirmou. “Tem aquele velho ditado, a mentira tem perna curta e às vezes o feitiço vira contra o feiticeiro. Você pode sustentar a mentira por um período, mas não para sempre”, completou.