Mãe de 2 crianças que morreram em deslizamento em Mauá tem alta

 Filha que ficou sob escombros na última semana também já deixou Hospital Radamés Nardini

 

mãe
Casas desabaram no Jardim Zaíra em Mauá e quatro crianças morreram e quatro ficaram feridos. Foto: Divulgação

A mãe de duas crianças que morreram no Jardim Zaíra 6, em Mauá, no último fim de semana, vítimas de um desmoronamento já teve alta. Talita dos Santos Silva, de 35 anos, estava internada desde sexta-feira passada (15/02), quando a casa desabou sobre a família. A sua filha Tainá dos Santos Silva, de 11 anos de idade, também foi liberada do Hospital Radamés Nardini.

A mãe está grávida de quatro meses e perdeu na tragédia a filha Maria Heloisa, de 11 meses, e Miguel, de 9 naos.

Futuramente, ela passará por procedimentos cirúrgicos para implantação de enxerto de pele. A munícipe também terá acompanhamento de psicólogo”, informou nota da Prefeitura.

Talita teve alta dia 20 , enquanto a filha havia sido liberada dois dias antes.

Uma das vítimas dos desmoronamentos, José Santos da Vitória, de 41anos, morador do Jardim Zaíra 4, ainda não teve alta, por ter sofrido uma fratura exposta na perna. “Equipe médica mantém os procedimentos de antibioticoterapia por sete dias, devido à contaminação e condições em que chegou a fratura. O paciente já conta com fixador externo na tíbia e, após alta, terá tratamento no ambulatório da ortopedia do Nardini”, informou a administração.

José Santos também sofreu um drama familiar, pois perdeu dois filhos na semana passada. José Henrique Santos da Vitória, 11 anos, e Guilherme dos Santos Vitória, 4 anos, faleceram no deslizamentoe foram enterrados na última segunda-feira (18/02). A mãe das crianças, Aponina Rosa de Jesus, 36 anos, também estava internada Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, onde chegou em estado grave.