2 de dezembro de 2021

Juíza manda apreender material de Rafael Demarchi contra Morando e Marinho

Mais visitadas

Candidato a prefeito pelo PSL diz que material é oficial de sua campanha e diz que não vê motivos para tirar de circulação

 

Várias caixas com os jornais de campanha de Rafael Demarchi foram colocadas dentro de uma Van que estava à disposição da Justiça. Foto: Gislayne Jacinto

 

 

A juíza eleitoral Patrícia Svartman Poiares Ribeiro mandou apreender material de campanha do candidato a prefeito de São Bernardo pelo PSL, Rafael Demarchi. O jornal tem como conteúdo reportagens de jornais contra o prefeito Orlando Morando (PSDB) e o prefeiturárel do PT, Luiz Marinho.

A representação foi feita pela coligação do tucano que alegou que o material continha “afirmações inverídicas”. Outra alegação é de que o CNPJ constante no material é do Diretório Estadual do PSL e não do candidato ou do Diretório Municipal do Partido.

“Neste aspecto, não se vislumbra irregularidade, pois o material foi editado pelo PSL, ainda que seja o Diretório Estadual da agremiação. De outro lado, o conteúdo do impresso traz informações caluniosas e difamatórias contra o Prefeito Orlando Morando, candidato à reeleição pela Coligação representante, na medida em que imputa-lhe a pecha de corrupto não fazendo distinção entre as notícias destacadas, vez que umas dizem respeito ao candidato Luiz Marinho e outras ao atual prefeito”, despachou a juíza.

Apreensão foi feita em uma gráfica no bairro Assunção, onde estiveram representantes do TRE e uma viatura da Polícia Militar. Foto: Gislayne Jacinto

 

A apreensão foi feita em uma gráfica no bairro Assunção, onde estiveram representantes do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), sendo um oficial de justiça e um auxiliar  e também uma viatura da Polícia Militar.  Várias caixas com os jornais de campanha foram colocadas dentro de uma Van que estava à disposição da Justiça. O material foi depositado no cartório.

 

Outro lado

O candidato a prefeito Rafael Demarchi disse ter ficado “indignado” com a apreensão determinada pela Justiça e disse que sua intenção é recorrer para fazer a distribuição. “O material é oficial de minha campanha. Não é fake news. Não é apócrifo. Só tem matérias de jornal contra o prefeito e o PT”, finalizou Demarchi.

 

Juíza diz que informações são inverídicas e manda apreender material de Rafael Demarchi contra Morando e Marinho. Foto: Gislayne Jacinto

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações