Jovem é leva golpe de faca e morre após festa de seu aniversário

Mais visitadas

Henrry Bento Bernardes da Silva, um jovem de 22 anos, foi vítima de latrocínio; Caso está sob investigação

Jovem é esfaqueado após festa de aniversário em SP
Jovem reagiu a assalto na Luz. Foto: Reprodução/SSP

Um trágico incidente abalou São Paulo na madrugada deste domingo (10/12). Henrry Bento Bernardes da Silva, um jovem de 22 anos, foi levou golpes de faca e morreu após celebrar seu aniversário. O crime ocorreu no entorno da estação da Luz, um local conhecido na cidade. Henrry voltava da comemoração quando foi abordado por criminosos, marcando um fim trágico para o que deveria ter sido uma noite de celebração.

De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), Henrry e três amigos foram confrontados por volta das 3h. Cinco indivíduos exigiram celulares e uma bicicleta que o grupo possuía. Henrry resistiu à abordagem e  recusou-se a entregar seu celular. Essa resistência resultou em um ataque violento, onde ele sofreu duas facadas, uma no braço direito e outra no tórax.

Henrry Bento Bernardes da Silva
Henrry Bento Bernardes da Silva, um jovem de 22 anos, foi levou golpes de faca e morreu. Foto: Reprodução

Ação rápida da GCM e consequências do ataque ao jovem

Imediatamente após o ataque, os amigos de Henrry acionaram a GCM. Os agentes, ao chegarem ao local, verificaram o pulso da vítima e decidiram transportá-lo até o Pronto-Socorro de Santana.

Apesar dos esforços dos socorristas, Henrry não resistiu aos ferimentos e faleceu. Esse incidente chocante destaca a crescente preocupação com a segurança nas ruas da cidade, especialmente durante a noite.

Veja mais: Ex-goleiro Julio Cesar é denunciado por abuso pela ex-mulher Susana Werner

Investigação e busca por justiça

Os criminosos, após o fato, fugiram com três celulares e a bicicleta. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) classificou o caso como latrocínio e está sendo investigado pelo 8º Distrito Policial – Brás.

A Polícia Civil realiza diligências para identificar e prender os responsáveis por esse ato hediondo. A comunidade local e os familiares de Henrry aguardam justiça, enquanto lamentam a perda trágica de uma vida jovem.

“A Polícia Civil informa que o caso é investigado como latrocínio, por meio de inquérito policial, instaurado pelo 1° Distrito Policial (Sé). Equipes da unidade policial estão em diligências para identificar e prender os criminosos. Neste ano, a Capital registrou 32 casos de latrocínio, o que representa o segundo menor nível desde o início da série histórica, em 2001. Em comparação com o ano anterior, houve queda de 36% no indicador”, informou nota da SSP enviada ao ABCD Jornal.

Veja mais: Gabigol fala sobre jogar no Cortinthians: “Combinaria muito”

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações