13º salário dos Metalúrgicos vai injetar R$ 433,5 milhões na economia do ABCD

Mais visitadas

Pagamentos do 13º salário da base do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC vão injetar 433,5 milhões em recursos na economia

cédulas - dinheiro
13º salário dos Metalúrgicos do ABC vai injetar R$ 433,5 milhões na economia do Grande ABC. Foto: Agência Brasil/Marcelo Casal

Os pagamentos do 13º salário dos trabalhadores da base do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC vão injetar 433,5 milhões em recursos na economia do Grande ABC neste ano. Os números foram estimados pela Subseção do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC) e reúnem dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED), ambos do Ministério do Trabalho e Emprego.

Composta por 69 mil trabalhadores, com vínculo nas indústrias de São Bernardo do Campo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, e com rendimento médio mensal de R$ 6.276,03, a categoria metalúrgica do ABC representa 5,5% do total dos trabalhadores que deverão receber algum abono de final de ano na região, os recursos recebidos pelos trabalhadores do setor representam 10,7% do montante previsto para 2023.

O presidente do Sindicato, Moisés Selerges, lembra a importância da preservação dos direitos dos trabalhadores para a retomada da economia, uma das bandeiras defendidas pelo Sindicato. “Estes números demonstram que o trabalhador com dinheiro no bolso potencializa a economia da região e a geração de empregos. A roda da economia volta a girar! É a confirmação também da importância da preservação dos direitos trabalhistas para a economia do País como um todo ”, afirmou.

Comparados ao total de trabalhadores formais da região, os metalúrgicos do ABC detêm 8,6% dos empregos, mas respondem por 15,3% do montante pago aos trabalhadores com carteira assinada. Já em comparação com os demais trabalhadores da indústria de transformação, a categoria é responsável por 45,9% do total de 13º salário pago neste setor.

Impacto total

A subseção do DIEESE também estimou o valor total em recursos do 13º salário que serão destinados à região pelos diversos setores da economia. Em 2023, os recursos do 13º salário no Grande ABC devem representar R$ 4 bilhões na economia regional, divididos em R$ 2,8 bilhões provenientes dos trabalhadores com carteira assinada e R$ 1,2 bilhão dos aposentados e pensionistas da Previdência Social.  O Grande ABC contribui com cerca de 1,4% de todo 13º salário pago no país, estimado em R$ 291 bilhões para 2023, de acordo com estudo do Escritório Nacional do DIEESE. Cerca de 1,3 milhão de pessoas na região serão beneficiadas com o pagamento do 13º salário, composto por 803 mil trabalhadores com carteira assinada e 521,5 mil beneficiários da Previdência Social. Seus rendimentos foram estimados a partir da variação média do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) entre janeiro e outubro de 2023 sobre igual período de 2022.

Mais publicações

Últimas publicações