Feijão vira vilão na compra do consumidor e é encontrado por R$ 10 o quilo

 Diminuição da área de plantio e estiagem nas regiões Sul e Sudeste encareceram protudo

 

 

feijão
Feijão vira vilão na compra dos consumidores. Foto: Reprodução/EPTV

Os consumidores que procuram os supermercados têm surpresas desagradáveis quando precisam comprar feijão carioca. Um aumento de 100% faz com o produto seja encontrado a R$ 10 o quilo.

O reajuste se deu porque houve diminuição da área de plantio. Outro motivo para o encarecimento da saca foi a estiagem nas regiões Sul e Sudeste, locais onde mais se produz o feijão.

Na semana passada, a saca chegou a custar R$ 400, valor mais alto registrado desde julho de 2016, quando o produto aumentou 39% e os valores também ultrapassaram R$ 10.

De acordo com especialistas, o feijão-carioca foi um dos principais responsáveis pela alta de 0,32% no IPCA (inflação oficial, medida pelo IBGE) do mês passado. O consumidor tem como alternativa o feijão-fradinho, já que a tendência é de que o feijão-preto também sofra aumentos.