17 de setembro de 2021

Doria expande Ensino Integral para 32 escolas no ABCD, Veja lista

Mais visitadas

Cidades beneficiadas na Região são Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá; no Estado, total chega a 778 escolas estaduais e no ano que vem aumentará para 1.855

Doria expande Ensino Integral para 32 escolas no ABCD, Veja lista. Foto: Divulgação

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (12/07) a inclusão de 778 escolas da rede pública estadual, de 118 cidades, entre elas Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá, ao Programa de Ensino Integral (PEI) a partir de 2022. Com isso, 1.855 escolas no total serão atendidas pela iniciativa. Ao lado do Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, Doria falou sobre a expansão do Programa durante evento no Memorial da América Latina, que reuniu diretores, supervisores e outros representantes das unidades educacionais.

“Os resultados que alcançamos ao longo de dois anos e meio nos permitem hoje fazer esse anúncio de grande importância. Isso é uma vitória da educação. Tempo integral para tudo: para o aconchego, o ensino, o estudo, a alimentação e formação de uma nova geração de brasileiros”, disse Doria.

A expectativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) é beneficiar 387,3 mil novos estudantes de ensino fundamental e ensino médio. Com as novas adesões, o PEI estará presente em 427 municípios paulistas, em todas as regiões do estado. Atualmente, são 437 mil estudantes atendidos em 1.077 escolas, de 309 cidades.

Esse é o governo que fez o maior aumento das escolas de tempo integral. Saltamos para 1.077 escolas em tempo integral com menos de dois anos e no meio de uma pandemia porque acreditamos nesse modelo”, afirmou Rossieli.

Mais escolasA ampliação é resultado da participação das 91 Diretorias de Ensino (DEs) no processo de adesão deste ano, disponibilizado entre março e junho.O número de PEIs será quintuplicado, em comparação a 2018, quando o programa estava presente em 364 unidades escolares. A partir de 2022, serão 1.855. Destaque para oito cidades com mais de 50 mil habitantes: Piracicaba, Mirassol, Campo Limpo Paulista, Lorena, Avaré, Barretos, Olímpia e Fernandópolis passarão a oferecer o PEI em 80% das escolas.

Dentro do Plano Nacional de Educação (PNE), a Meta 6 – Educação Integral – prevê em seu objetivo 2 que em 2024, no mínimo, 25% dos alunos da Educação Básica sejam atendidos em jornadas de mais de 7 horas. Com as novas PEIs, São Paulo atinge este objetivo, no âmbito de sua rede estadual, já em 2022.

Sobre o PEI

Criado em 2012, o PEI potencializa a melhoria da aprendizagem e o desenvolvimento integral dos estudantes, nas dimensões intelectual, física, socioemocional e cultural, por meio de um modelo pedagógico articulado a um Modelo de Gestão.

No primeiro, são trabalhadas práticas pedagógicas, como Tutoria, Nivelamento, Protagonismo Juvenil com Clubes Juvenis e Líderes de Turma, além de componentes curriculares específicos, como Orientação de Estudos e Práticas Experimentais, que potencializam a formação integral do estudante a partir do seu Projeto de Vida.

O segundo permite o planejamento, desenvolvimento e acompanhamento das ações pedagógicas, de maneira estruturada.

IDEB e alcance

Os investimentos na jornada integral refletem em melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) já no primeiro ano de implantação do programa.

O crescimento de alunos atendidos pela iniciativa também é destacado por Rossieli. “Em 2019, eram 135 mil estudantes nas 417 PEIs. Em março deste ano, saltamos para 437 mil alunos, um crescimento de 224%”.

– Escolas PEI cresceram 1,2 pontos no IDEB 2019, enquanto as regulares, 0,6.
– Das escolas estaduais de São Paulo, as 33 melhores colocadas no ranking são PEIs.
– 9 das 10 primeiras colocadas de ensino fundamental são PEIs.

95% de satisfação

Em agosto de 2020, pesquisa avaliou a percepção de 13 mil professores e 121 mil estudantes da rede pública estadual envolvidos no PEI:

– De 0 a 10, os professores recomendariam 9,1 as escolas em que atuam aos colegas de profissão;
– De 0 a 10, os estudantes recomendariam 8,5 as escolas em que atuam aos colegas;
– 95% dos professores se sentem satisfeitos ou muito satisfeitos em atuar nas escolas.

Confira as escolas que serão atendidas pelo Programa de Ensino Integral no ABCD:

DIADEMA
E.E ANA MARIA POPPOVIC
E.E ANTONIETA BORGES ALVES PROFESSORA
E.E ATAEL FERNANDO COSTA REVERENDO
E.E CLAUDIO ABRAMO
E.E JARDIM ANA SOFIA
E.E SYLVIA RAMOS ESQUIVEL

 MAUÁ
E.E FORTUNATO PANDOLFI ARNONI
E.E IRACEMA CREM PROFESSORA
E.E JOSE GASPAR DOM ZEVEDO PROFESSORA

 SANTO ANDRÉ
E.E 16 DE JULHO
E.E AGNALDO SEBASTIAO VIEIRA PADRE
E.E ATILLIO TOGNATO
E.E FELICIO LAURITO DOUTOR
E.E HOMERO THON
E.E JOAQUIM DA FONSECA SARAIVA
E.E JUAREZ TAVORA MARECHAL
E.E LOUIS JOSEPH LEBRET PADRE
E.E LUIZ MARTINS
E.E NELSON CARDIM DE BRITO PROFESSOR
E.E ORDANIA JANONE CRESPO PROFESSORA
E.E OVIDIO PIRES DE CAMPOS PROFESSOR
E.E VALENTIM AMARAL DEPUTADO

 SÃO BERNARDO DO CAMPO
E.E ADAIL LUIZ MILLER DOUTOR
E.E CLOVIS DE LUCCA PROFESSOR
E.E CYNIRA PIRES DOS SANTOS PROFESSORA
E.E EDGAR ALVES DA CUNHA PROFESSOR
E.E FAUSTO CARDOSO FIGUEIRA DE MELLO DOUTOR
E.E LAUDO FERREIRA DE CAMARGO MINISTRO
E.E LAURA LOPES
E.E MARIA DA CONCEICAO MOURA BRANCO PROFESSORA
E.E SANTA DALMOLIN DEMARCHI
E.E YVONE FRUTUOSO PRODOSSIMO PROFESSORA

 

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

  1. Sério governador?, diz uma coisa e faz outra na educação paulista, se vc sabe que a educação é o alicerce de tudo na vida de um cidadão, veja o exemplo de primeiro mundo do Japão, onde a última coisa a parar é as escolas, mas aqui neste estado, nem vou mencionar o Brasíl, pois se São Paulo é o top brasileiro, aqui deveria acompanhar o mundo desenvolvido, mas aqui os alunos estão há mais de um ano sem aulas presenciais( as que realmente funcionam) e ainda contam com férias Sic,, e quando supostamente voltarem, já existe pesquisa de que 40 % dos estudantes não pretendem voltar a estudar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações