27 de maio de 2022

Em S.Bernardo, operação fecha 1,7 mil estabelecimentos e dispersa 78 pancadões

Mais visitadas

Em pouco mais de quatro meses de vigência, operação orientou mais de 128 mil pessoas em pontos de bloqueios e em atendimentos realizados pela GCM

Em pouco mais de quatro meses de vigência, operação orientou mais de 128 mil pessoas em pontos de bloqueios e em atendimentos realizados pela GCM de São Bernardo. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

Iniciativa adotada pela Prefeitura de São Bernardo para combater a realização de festas irregulares e pancadões, em meio à pandemia da Covid-19, a Operação Toque de Recolher atingiu em pouco mais de quatro meses a expressiva marca de 1.724 estabelecimentos fechados e a dispersão de 78 pancadões por desrespeito às normas sanitárias impostas pela Administração municipal. A medida foi suspensa no último dia 9, após a cidade registrar queda significativa na ocupação dos leitos de UTI, em decorrência do avanço da campanha de imunização contra a Covid-19.

Com destacamento de grande efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) e das Polícias Militar e Civil, a operação foi responsável nos últimos meses por realizar barreiras sanitárias em pontos estratégicos do município, com objetivo de conter a circulação de pessoas no horário das 22h às 4h. Mais de 128 mil pessoas foram orientadas neste período nos pontos de bloqueios, enquanto 82 mil veículos foram abordados por agentes de segurança.

“A Operação Toque de Recolher foi fundamental para que nossos agentes de segurança pudessem ter controle da circulação de pessoas em nossa cidade, num momento onde os estabelecimentos funcionavam com maior restrição de horário. Graças aos pontos de bloqueios espalhados pela cidade e às rondas realizadas em pontos estratégicos, conseguimos não apenas inibir a realização de pancadões, como levar mais segurança para nossa população”, destacou o prefeito Orlando Morando.

Enquanto a operação esteve em vigor, 43 estabelecimentos comerciais foram lacrados por desrespeito às regras impostas pela Prefeitura. Outros 22 comércios foram autuados, enquanto 430 pessoas foram conduzidas aos distritos policiais da cidade por infrações diversas.

Na quinta-feira (08/07), último dia em que a operação esteve em vigor, equipes da Guarda Civil Municipal encerraram uma festa irregular na região do Alto do Industrial. Cerca de 250 pessoas, em sua maioria jovens sem uso de máscara, foram dispersadas do evento (vídeo em anexo). A tabacaria onde os indivíduos estavam foi fechada pela equipe da corporação.

FISCALIZAÇÃO CONTÍNUA – Com a ampliação do horário de funcionamento das atividades econômicas e sociais das 6h às 22h, com tolerância até às 23h, desde a última sexta-feira (09/07), a Prefeitura de São Bernardo passa agora a realizar ações de combate as festas irregulares, por meio da Operação Noite Tranquila. A iniciativa é considerada a maior ação de combate a pancadões e bailes funk da história de São Bernardo. Para denunciar situação de desrespeito às norma sanitárias, moradores podem acionar a GCM através do telefone 153. O atendimento é feito 24 horas por dia.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações