Diadema é a terceira a anunciar aumento de 6% na tarifa de ônibus

Passagem vai a R$ 4,65, dez centavos a menos ao valor anunciado por Santo André e São Bernardo neste sábado

 

ônibus
Prefeitura de Diadema autorizou 6% de aumento na tarifa do ônibus. Foto: Divulgação/PDA-Marcos Luz

 

Diadema é a terceira cidade a anunciar que aumentará a tarifa de ônibus no início do ano. O prefeito Lauro Michels (PV) afirmou que reajustará a passagem em 6% a partir de 6 de janeiro, o que significa que a passagem passará de R$ 4,40 para R$ 4,65.

Neste sábado (29/12), Santo André e São Bernardo já haviam informado o aumento. Nesses dois municípios, a tarifa de ônibus passará de R$ 4,40 para R$ 4,75, ou seja, dez centavos mais caro que Diadema. O valor atual é de R$ 4,40. São Paulo também anunciou que a passagem vai de R$ 4 para R$ 4,30.

Lauro Michels disse que no caso de Diadema, não se paga subsídio como nas demais cidades. “Isso significa que não tem dinheiro da Prefeitura nas passagens. No caso de Santo André, por exemplo, são R$ 60 milhões de subsídio e em São Paulo R$ 2 bilhões por ano. Em São Paulo, a passagem custa R$ 7,24, mas a prefeitura banca a diferença com subsídio. Então, R$ 4,30 é o que a pessoa paga na catraca e a prefeitura paga mais R$ 3. Ou seja, o dinheiro é um só. Essa é a conta que não se enxerga. Em Santo André e São Bernardo, a passagem é mais cara, deve sair uns R$ 6 e as prefeituras subsidiam, enquanto em Diadema não tem subsídio nenhum”, justificou o chefe do Executivo.

O prefeito afirmou que autoriza o aumento da passagem anualmente e não seria diferente agora. “Subo todo ano, porque não vou custear isso com subsídio e ainda que as pessoas pegam o ônibus da volta sem pagar”, disse Lauro ao se referir à integração que existe dentro do terminal de Diadema.

O prefeito que em Diadema ainda argumentou que há 9 mil gratuidades no transporte e a Prefeitura arca com R$ 6 milhões.

Outra ressalva é que houve uma redução de 20% no número de passageiros devido ao aplicativos de transporte. A cidade conta com 70 mil usuários de ônibus por dia.