Delegado afirma que sequestro de Marcelinho Carioca não foi planejado

Mais visitadas

Amiga do ex-jogador falou sobre ameaça durante sequestro; Confira detalhes do caso envolvendo Marcelinho Carioca

Marcelinho Carioca é sequestrado em São Paulo; Polícia investiga
Foto: Reprodução/Instagram

A Polícia Civil de São Paulo indiciou seis pessoas por envolvimento no sequestro do ex-jogador de futebol Marcelinho Carioca e uma amiga. O incidente, que ocorreu em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, foi inicialmente tratado como um crime complexo, envolvendo sequestro, extorsão, formação de quadrilha, roubo, lavagem de dinheiro e receptação.

No entanto, declarações recentes do delegado responsável pelo caso ao portal G1 apontam para uma nova direção na investigação. Segundo ele, o sequestro não foi um ato premeditado, mas sim um crime de oportunidade, desencadeado pela visão do carro de luxo de Marcelinho.

Quatro pessoas já foram presas pelo crime

Dos seis indiciados, quatro já foram presos – dois homens e duas mulheres – e dois ainda estão foragidos. A Divisão Antissequestro (DAS) de São Paulo, que lidera as investigações, solicitou a prisão preventiva de todos os envolvidos.

Os detidos já passaram por audiência de custódia, onde suas prisões em flagrante foram convertidas em preventivas. O delegado Fábio Nelson Fernandes, diretor da DAS, revelou ao portal G1 que dez pessoas participaram do crime, mas enfatizou que o sequestro ocorreu por acaso, quando os criminosos avistaram o veículo de Marcelinho.

Veja mais: Santo André FC anuncia novo goleiro; Confira

Amiga de Marcelinho Carioca falou sobre sequestro

A amiga de Marcelinho Carioca, ex-jogador do futebol, Tais Alcântara de Oliveira, funcionária da Secretaria de Esportes de Itaquaquecetuba, revelou detalhes sobre o caso em entrevista ao portal G1.

Durante o sequestro, Tais foi forçada a gravar um vídeo incriminando seu ex-marido, Márcio Moreira, como o mandante do crime. Ela desmente qualquer relação romântica com Marcelinho, esclarecendo que sua conexão com ele é puramente de amizade.

O sequestro aconteceu após Marcelinho ter ido a um show do cantor Thiaguinho, com Tais interessada em ingressos para o evento seguinte. Ela detalha o momento aterrorizante quando, ao entrar no carro de Marcelinho, foram abordados por criminosos.

Levados a um cativeiro, eles enfrentaram horas de medo e incerteza, com os sequestradores exigindo transferências via PIX e mantendo-os sob vigilância constante.

Veja mais: Santos FC anuncia novo técnico; Confira

Mais publicações

Últimas publicações