25 de junho de 2021

BRT trará mais segurança aos usuários, avalia prefeito de São Bernardo

Mais visitadas

Orlando Morando diz que estações e terminais serão fechados, coibindo a ação de criminosos que assaltam passageiros em pontos de ônibus

Orlando Morando diz que estações e terminais serão fechados, coibindo a ação de criminosos que assaltam passageiros em pontos de ônibus. Foto: Divulgação

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, afirmou nesta terça-feira (18/05) que o BRT, sistema de transporte coletivo com infraestrutura mais moderna, trará mais segurança aos usuários, pois tanto as estações quanto dos terminais serão fechados coibindo os criminosos de assaltarem passageiros em pontos de ônibus, já que tais espaços serão fechados e com monitoramento de câmeras nas partes internas e externas.

O governador João Doria fez o anúncio do BRT recentemente e informou que serão 18 quilômetros de via expressa, com 20 paradas, três terminais e uma frota de 82 ônibus elétricos articulados (23 metros), com ar-condicionado, acessíveis, silenciosos e não poluentes. A expectativa é a de que o BRT que 115 mil passageiros sejam transportados por dia.

São Bernardo contará com oito estações espalhadas pelo município: Metrópole, Aldino Pinotti, Abrahão Ribeiro, Senador Vergueiro, Winston Churchil, Vila Vivaldi, Afonsina e Rudge Ramos, além do Terminal São Bernardo (Centro). Todas com acessibilidade e implantadas em vias de grande fluxo de passageiros.

Veja entrevista do prefeito Orlando Morando ao ABCD Jornal durante visita que ele fez ao BRT de Sorocaba nesta terça-feira (18/05).

ABCD Jornal – Qual foi o objetivo de sua visita a Sorocaba?

Orlando Morando – Nós fizemos questão de conhecer o funcionamento do BRT em Sorocaba exatamente para mostrar à sociedade o ganho na eficiência que terá o transporte público. Não é nenhum ônibus nem um corredor metropolitano do trólebus também, tem uma diferença bastante grande nos terminais, nas paradas, no conforto e principalmente no tempo da viagem.

ABCD Jornal – Em Sorocaba existem terminais. NO ABCD também haverá sistema semelhante?

Orlando Morando – Sim , no projeto mostra. O primeiro é o Terminal Paço, que é justamente um terminal de integração onde as linhas da cidade vão desembarcar para que o cidadão embarque diretamente no BRT .

ABCD Jornal – Serão novos terminais ou haverá adequação dos já existentes no município?

Orlando Morando – Terão terminais novos e terminais que serão remodelados. Pra você ter uma ideia esse terá uma integração ainda maior, pois o Terminal Paço estará ligado às linhas municipais, o trólebus  incluindo o BRT. Então, o passageiro que sairá do terminal Ferrazópolis  ou que vier de São Mateus por algum trecho de Santo André passando em São Bernardo, ele poderá ali descer e integrar para pegar o metrô no Tamanduateí.

ABCD Jornal – E o tempo do percurso diminuirá com esses novos ônibus ?

Orlando Morando – Hoje não da para comparar, pois não temos um similar. Nós não temos uma linha que saia de são Bernardo e chegue ao Tamanduateí, mas é inegável o tempo da viagem que é muito curto: 40 minutos para você sair de São Bernardo e chegar ao Tamanduateí, você não faz isso nem de carro. Se você pegar o seu veículo seja pela Anchieta ou pela presidente Wilson para quem sai de São Bernardo, por exemplo, se você sair hoje de São Bernardo e ir até o Sacomã você não faz em 40 minutos , que é aonde tem o Metrô. E se você sair de carro pela presidente Wilson você também não vai fazer em 40 minutos, então, prova que isso será uma alternativa melhor do que usar o próprio carro.

ABCD Jornal – Na sua avaliação, Sorocaba tem um transporte semelhante ao do ABCD?

Orlando Morando – São cidades diferentes, é inegável. Geograficamente Sorocaba tem uma extensão, não é tão verticalizada quanto o ABC. Ela é uma cidade mais horizontal, tanto que são linhas grandes. Em Sorocaba, eu conheço, pois estudei aqui, é um território bem adensado e horizontal. Então, são características diferentes, porém com uma população parecida. É óbvio que o ABC tem uma complexidade muito maior é, por isso, terá uma linha muito mais extensa.

ABCD Jorna  – Para utilizar o BRT o pagamento será feito de forma digital?

Orlando Morando – Sim. O embarque será todo eletrônico. Pode ser feito através de um bilhete que o cidadão irá comprar, mas a tendência é adotar cada vez mais tecnologia, seja através do celular, do QR Code. No BRT não terá pagamento feito em dinheiro (só nos terminais), o que proporcionará uma segurança, evita roubo nos veículos.

ABCD Jornal – O senhor falou que tem uma preocupação com relação à segurança, pois hoje existem roubos nos pontos de ônibus. O senhor acha que com o BRT isso poderá melhorar?

Orlando Morando – A tendência é essa e aqui em Sorocaba está se concretizando, eles estão operando desde setembro e, segundo o relato deles, até aqui não houve ocorrência. Se você partir da premissa que as paradas são fechadas e as nossas serão todas climatizadas, é muito mais difícil o acesso, até por que seria meio cômico o ladrão usar o bilhete pra entrar em um terminal pra assaltar, pois o vagabundo gosta da facilidade, logo, quanto mais dificuldade você cria maior é a segurança. E o fato de não ter pagamento em espécie cada vez diminui mais o produto do crime, se não tem o produto do crime ele não rouba. Nesses assaltos (em postos de ônibus), os motoqueiros param e roubam o celular da vítima. Nesses novos terminais não tem acesso, são terminais fechados. O motoqueiro foi uma boa comparação, pois não dá para o cara parar com a moto e falar: “passa o celular”, não tem a acesso, até porque há paradas de segurança que vocês irão ver que além da porta do ônibus também tem a porta das paradas, o terminal é mais aberto só que eles tem sua segurança própria.

Sistema será monitorado com câmeras de segurança, informou Orlando Morando. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

ABCD Jornal – Haverá muitas desapropriações para fazer os corredores de ônibus?

Orlando Morando – Por parte da prefeitura não. As desapropriações  estão sobre encargo da concessão. O município não investe, estamos agindo apenas como um órgão autorizativo.

ABCD Jornal – Todo o investimento será feito pela iniciativa privada?

Orlando Morando –100%

ABCD Jornal – Quantos estações serão construídas em São Bernardo?

Orlando Morando – Serão oito estações em São Bernardo.

ABCD Jornal – Então, São Bernardo ficará em uma posição privilegiada, pois além dessas oito estações do BRT, a cidade ainda terá a Linha Rosa 20 do Metrô.

Orlando Morando – A linha de metro já está na parte dos estudos básicos. O que importa é tirar do papel, pois será uma grande solução para a  mobilidade do Grande ABC e até mesmo de São Paulo, que seria a maior linha de Metrô que teria, desafogando assim as atuais linhas hoje congestionadas. A deputada Carla Morando já destinou uma emenda parlamentar de R$ 5,5 milhões para o projeto.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações