Aluno é agredido dentro de escola de Sto.André e é hospitalizado

Problema aconteceu na Escola Estadual Dr. Celso Gama após discussão durante partida de futebol nesta segunda-feira

Agressão a aluno aconteceu na Escola Estadual Dr. Celso Gama após discussão durante partida de futebol nesta segunda-feira. Foto: Reprodução

 

Um aluno de 12 anos foi agredido por colegas dentro da Escola Estadual Celso da Gama, na Vila Assunção, em Santo André. O estudante chegou a ser hospitalizado por conta dos ferimentos, mas já teve alta. Vários pais ficaram indignados com a situação e cobram medidas punitivas aos agressores.

De acordo com informações de pais de alunos, a agressão aconteceu durante uma partida de futebol disputada nesta segunda-feira (11/11), na própria escola.

A Diretoria Regional de Ensino de Santo André informou que um supervisor foi enviado à escola e o caso está sendo apurado. Os pais dos alunos envolvidos foram chamados e o Conselho de Classe se reunirá para definir as medidas pedagógicas necessárias. O Conselho Tutelar também foi acionado. “A equipe gestora vai reforçar ações de incentivo à cultura de paz na unidade escolar”, informou a Secretaria Estadual de Educação por meio de nota oficial.

A Seduc-SP salientou que lançou, no último mês, o Programa Conviva SP, que visa identificar a vulnerabilidade de cada unidade escolar. “Alunos e servidores da rede já podem responder a questionários sobre o clima escolar, baseados em três pilares: relações sociais e conflitos na escola; regras, sanções e segurança; e situações de intimidação entre os alunos”, afirmou.

De acordo com a Secretaria de Educação, o objetivo é gerar dados que traduzam o clima e a vulnerabilidade de cada escola para a implementação do Método de Melhoria de Convivência Escolar (MMCE). “A Seduc espera elevar os índices de aprendizagem dos alunos”, concluiu.

 

3 Comentários

  1. Caro jornalista, meu filho estuda nessa escola e não foi desta forma descrita à cima como o fato realmente ocorreu, procure se informar melhor para dar todos os fatos sem sensacionalismos

Comments are closed.