WhatsApp do vereador Manoel Lopes é clonado e golpista pede dinheiro

Parlamentar de Mauá lamentou fato pelas redes sociais e fez alertas em sua lista de contatos

 

Whatsapp do vereador Manoel Lopes é clonado e golpista pede dinheiro Foto: Reprodução

 

O vereador Manoel Lopes (DEM), de Mauá, teve seu WhatsApp, clonado por golpista. O criminoso está usando a lista de contados para pedir dinheiro em nome do parlamentar.

“Preciso fazer uma transferência, porém meu App excedeu o limite de transações, consegue fazer o acerto do valor amanhã”, diz a mensagem enviada pelo estelionatário, que manteve a foto do vereador no perfil para tentar enganar as pessoas.

O vereador lamentou o acontecido e fez alerta aos contatos. “Meu celular (WhatsApp) foi clonado e estão pedido dinheiro (transferência) em meu nome. Por favor, peço a gentileza de desconsiderar qualquer solicitação em nome e em nome da minha família”, afirmou.

Cuidados

A recomendação para evitar a clonagem é colocar senha no WhatsApp, . Caso não dê tempo de recuperar o acesso ao aplicativo, a primeira recomendação é notificar a família e os amigos sobre a fraude, porque os golpistas usam a lista de contatos para solicitar informações sigilosas e pedir depósitos em dinheiro.

Outra recomendação é notificar o WhatsApp. Nesse caso, o usuário deve enviar um email com a seguinte frase no assunto e no corpo do texto: “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta”. Inclua também o seu telefone no formato internacional: +55 (código do Brasil), o DDD de sua área e o número do celular. O endereço de destino é o support@whatsapp.com

Para se defender caso você tenha sido vítima de um golpe de clonagem de chip, siga as recomendações abaixo:

Caso não dê tempo de recuperar o acesso ao aplicativo, a primeira

  1. Avise bancos, instituições e bureaus de crédito
  2. Entre em contato com a operadora, comunique o ocorrido e, preferencialmente, cancele seu chip
  3. Mude o e-mail e a senha de todos os sites onde tenha alguma conta
  4. Faça um boletim de ocorrência
  5. Não use o envio de códigos de recuperação por SMS