23 de outubro de 2021

Vereadores de Rio Grande da Serra afastam Claudinho da Prefeitura

Mais visitadas

Placar foi de 9 a 4 para abertura de processo de impeachment do tucano em denúncia de munícipe e de CPI

Vereadores de Rio Grande da Serra afastam Claudinho da Prefeitura. Foto: Divulgação

Os vereadores de Rio Grande da Serra afastaram o prefeito Claudinho da Geladeira (PSDB) do cargo por três meses e ainda abriram dois processos de impeachment contra o chefe do Executivo. A vice-prefeita Penha Fumagalli (PTB) já tomou posse como chefe do Executivo interina, mas Claudinho não tinha sido notificado e o caso vai criar um grande imbróglio jurídico.

Para os governistas, trata-se de um golpe que tentarão reverter na Justiça, pois o prefeito não teve direito a defesa durante o processo de afastamento.

A Câmara acusa o prefeito de crime de improbidade administrativa porque o Executivo não respondeu a alguns requerimentos dos vereadores e por não tornar pública portaria de nomeação de cargos de confiança. O primeiro processo foi movido por um morador  e o segundo por vereadores que acusam a Prefeitura de praticar Fura-fila da vacinação contra a Covid-19.

 Veja como ficou a votação:

Pela abertura do processo: Agnaldo de Almeida (PL), Benedito Araújo (PSB), Bibinho (Cidadania), Charles Fumagalli (PTB, presidente da casa), Claudinho Monteiro, Israel Mendonça (PDT), Marcelo Cabeleireiro (PSD), Marcos Costa, o Tico (DEM) e Raimundo Pulú (PSD).

Contra a abertura do processo: Elias Policial (Podemos), Marcelo Akira (Podemos), Zé Carlos (Cidadania) e Roberto Contador (Avante). Foram seis horas e 15 minutos de sessão.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações