Vereador internado em Diadema é acusado de agredir enfermeiro e vira caso de polícia

Filho e mulher do parlamentar Companheiro Sérgio também se envolveram na confusão dentro do Hospital Municipal de Piraporinha

companheiro sérgio
Companheiro Sérgio e sua Mulher se envolveram em confusão dentro do Hospital. Foto: Divulgação/Facebook

O vereador de Diadema Sérgio Ramos da Silva, o Companheiro Sérgio(PPS), que está internado no Hospital de Piraporinha por conta de problemas renais, é acusado de agredir o enfermeiro Márcio Rodrigues do Santos na noite desta quarta-feira (18/07). A mulher Elivania Ferreira da Silva, e o filho Elivelton Ramos da Silva, também se envolveram na confusão e foram parar na Delegacia, onde foi registrado um BO (Boletim de Ocorrência). O parlamentar foi o único a não compareceu por estar internado.

De acordo com o BO, a confusão teve início porque o vereador e sua mulher reclamaram que um paciente estava com dor, mas o profissional informou que a pessoa já havia sido medicada e nada podia fazer no momento. Em depoimento, o enfermeiro disse que Sérgio se identificou como vereador “para se promover politicamente perante as pessoas que estavam no hospital”. O profissional relatou que foi neste exato instante que a mulher do parlamentar partiu para a a ameça e a agressão. “Durante a confusão, Sérgio também tentou agredir, no entanto, foi contido enquanto segurava uma cadeira”, relatou o profissional à Polícia.

O enfermeiro passou por atendimento médico e a Polícia deu a requisição para ele fazer exame de corpo delito e declarou que vai representá-los criminalmente.

O vereador Companheiro Sérgio foi procurado, mas não retornou aos contatos telefônicos para se posicionar sobre o assunto. No DP (Distrito Policial), onde foi registrada a ocorrência, a mulher do parlamentar, Elivania, argumentou que durante a internação do marido conheceu um paciente que sentia muitas dores e que procurou os funcionários do Hospital para relatar os fatos e que eles não teriam dado atenção e resolveu pegar o celular para filmar o local. Na versão de Edivânia, o funcionário teria chutado o aparelho e a agredido e que, por isso, teria revidado a agressão e que seu filho Eliventou também tentou lhe socorrer agredindo o enfermeiro.

O filho também prestou depoimento e confirmou a agressão, mas declarou que foi para defender a mãe.

22 Comentários

  1. Curioso se ele é vereador de diadema deveria saber das dei Ken já se do hospital e ajudar o hospital e não agredir os poucos e valentes funcionários que trabalham ali se o hospital não tava de acordo com o que ele esperava a culpa é dele e não do funcionário .

    • Amigo se sabe a fama desse hospital , é chamado de açogue , ao invés de tratarem os pacientes tratam dos papos em dia do WhatsApp e Facebook , e o paciente q se exploda

  2. Maria Aparecida Morais Ribeiro
    Osvaldo Lima
    Sindema
    Coren!
    Atitudes precisam ser tomadas!
    Antes que um dia aconteça uma desgraça!
    Tds os dias acontece atos de violência, insultos desrespeito !!!

  3. Maria Aparecida Morais Ribeiro
    Osvaldo Lima
    Sindema
    Coren!
    Atitudes precisam ser tomadas!
    Antes que um dia aconteça uma desgraça!
    Tds os dias acontece atos de violência, insultos desrespeito !!!

  4. Engraçado, o SUS diz que O paciente tem direito a um acompanhamento e havia 2. A esposa do vereador não sabe que é proibido filmar, registrar imagem sem anuência de quem está sendo filmado. Se o paciente foi medicado com o que estavas prescrito, nova medicação só com acréscimo do plantonista médico.
    Márcio não deixa barato essa baixaria, faça reprentacao sim, processa essa família juntamente com o vereador valentão.

    • Muito triste toda essa situação… a Enfermagem trabalha sem estímulos, salário baixo, sem valorização, insultos, os hospitais públicos precários mas, a Enfermagem tem que dar conta de tudo; a enfermagem está doente…

  5. Atitude ridícula desse verador e de seus familiares. Muito fácil não fazer nada pela cidade e querer fazer circo no hospital pra mostrar preocupação. Eu duvido que o funcionário tenha encostado a mão nessa senhora e outra, se ele disse que o paciente que estava.com dor ja havia sido medicado, o que ela tinha que se envolver? Pq ela ou esse vereador não se mexem para melhorar a situação do hospital? Faça-me o favor!!!!!

  6. HMD, é terra de ninguém, agressões fazem parte da rótima, ninguém respeitas regras e normas , os usuários já chegam armados e depois dizem que nos somos ruins, a família desse vereador aí ficam aqui o dia todo controlando trabalho da equipe, alguém tem de coloca-lo no seu devido lugar.

  7. O que essas pessoas sabem de tratamento médico, não existe milagre, é necessário de um tempo para a medicação fazer efeito, hoje em dia as pessoas já estão preparadas para agir imprudentemente, não pensam nas consequencias, agora tome cheiroso vai fuçar onde não tem conhecimento.

  8. Esses vereadores de Diadema hein cada hora se envolvendo em problemas que trazem repercussão pra nossa cidade vão trabalhar que acidade está ao Léo

  9. Um vereador que ganha uma fortuna de salário e poderia pagar um convênio mas estava lá usando a vaga de quem não pode,
    Um paciente que mora em Ribeirão Pires e depois de não conseguir ser atendido em lugar nenhum, teve sua cirurgia realizada ,
    Funcionário público trabalhando sem condições de trabalho adequadas, já havia medicado o paciente em questão e precisava aguardar o remédio fazer efeito,
    Este é o senário, este é o Brasil !

  10. Todos os dias somos vítimas de agressões verbais e algumas física, nada se faz pra manter nossa integridade física e psicológica, se tratanto do ser vereador cabe a ele saber que muito contribui pra trabalharmos neste caos. Além de usufruir do dinheiro público,dos serviços e servidores há necessidade de agredir? Deveria ele ser representante do respeito e não fazer o que fez.Quanto o fato de estar com dois acompanhantes no quarto eu pergunto qual é a justificativa.Mesmo que este ser fosse idoso (acima de sessenta anos ) não daria este direito e o que está na lei.Espero que este fato Seja apurado e julgado devidamente justo.

  11. Respeito é o que queremos, principalmente quando estamos no ambiente de trabalho…se o cidadão têm o dever de praticar cidadania para o bem estar de todos, tanto mais um vereador que deveria nos representar…violência gratuita pra que? Queremos justiça!!!

  12. Acho ridículo um vereador com salário de mais de 20 mil fora as verbas e auxílios que recebe,ter a pachorra de se internar em hospital público e ainda querer ser tratado de forma diferenciada utilizando seu cargo e uma pseudo autoridade para coagir a equipe de enfermagem.
    Todos os cidadãos ali internados teem os mesmos direitos.
    Esse tal vereador deveria ter respeito pelos profissionais que se sacrificam para cuidar dos pacientes com o mínimo de recursos.
    A enfermagem deve ser valorizada e não agredida!!!

  13. Nao é aceitavel. Primeiramente um vereador usar seu cargo para burlar as nomas se um hospital para se beneficiar e ter diversos acompanhantes em seu quarto. Segundo: o que ele como parlamentar entende de cuidados médicos e de enfermagem para questionar e criticar o que havia sido feito. Qual sua profissão. Terceiro : qual o nível de capacidade de diálogo que um parlamentar desses tem, uma vez que chegam a agressão? É uma vergonha ser representado por um ser desses.
    Twm quw swr peocesaado e pwrswr o mandaso. Agir comcomo bandido. Punição de bandido

  14. O nobre Edil deveria ser cassado , não respeita os profissionais da saúde que são guerreiros .
    Trabalhar na área de saúde hoje em dia tem que ter pulso firme , porque aparece estas merdas de políticos nos hospitais apenas para aproveitar da situação caótica , e tentar se promover sobre o caos na saúde que estes merdas de políticos são os principais responsáveis.
    Dito.’.

  15. Absurdo um representante do povo de Diadema, prestar a um papelão deste , e pior , covarde porque estavam em três . Usando seu cargo para dar carteirada .

  16. Vocess acham que esta corja de vampiros estao realmente preicupados com o bem estar do povo ?? Logico que nao !!! Aproveitam de cargos onde sao eleitos pelo povo mau informados que nao exigem se quer que tenham primario completo e acabam se intitulando coroneis achando que funcionarios publicos sao seu capachos!!

  17. SOU DESTA ÁREA, E VJ TODOS OS DIAS OS COLEGAS SENDO AGREDITOS FISICAMENTE E VERBALMENTE, UMA POUCA VERGONHA , SE A COMIDA TA RUIM CULPA DA ENFERMAGEM, SE O MEDICO NÃO PASSA, CULPA DA ENFERMAGEM, ENFIM TUDO É CULPA DA ENFERMAGEM, NINGUEM VAI NA OUVIDORIA RECLAMAR QUE NÃO TEM MÉDICO, QUE TEM POUCOS PROFISSIONAIS TRABALHANDO NO PLANTÃO, QUE A ESTRUTURA DO HOSPITAL NÃO COMPORTA O NUMERO DE PACIENTES QUE PROCURAM ATENDIMENTO MÉDICO, MAS RECLAMAM DA ENFERMAGEM, N´~AO VALORIZAM O TRABALHO DELES, NÃO VEM QUE NATAL, ANO NOVO DIAS DOS PAIS, DIAS DAS MÃES , ANIVERSARIO DOS FILHOS E MUITAS VEZES DELES MESMO , LÁ ESTÃO PRONTOS PARA ATENDER.

  18. Rapaz! É fim de Diadema. Primeiro acredito que com convênio ou não todos tem direito de passar no SUS, o x desta questao e que se pessoa tem convenio e passa no SUS eu sou a favor do SUS cobrar do convenio o valor gasto, segundo o que falar de politicos deste municipio onde nao dao qualquer amparo ou programa de saude publica de qualidade, onde eu ja presenciei um tal vereador levar sua mae na upa pauliceia e a coitada dizer na cara do acessor que a saude em Diadema esta lascada. Ela devia estar com dor mesmo para nao lembrar que seu filho e um dos responsaveis em fiscalizar o serviço do prefeito e propor melhorias, outro e o cara chegar na UPA referida com carta para colher exame de rotina ubs e querer prioridade maxima porque algum vereador pediu e o povo nao merece atençao, terceiro acredito que agora tempo de eleição muitos vereadores Robin wood iråo aparecer e as pessoas caem na sua labia. E fogo. Entendo tambem que ha muitos profissionais que precisam se reciclar para melhor atender saber que na hora do serviço o zap zap pode esperar, respeito os casos de saude familiar e imprevistos cada caso sendo avaliado pelo seu superior entendo tambem que a enfermagem nao e respeitada, quando vc entra no hospital o medico atende e depois amigo quem vai te medicar cuidar em geral e a enfermagem, por isso esses profissiobais merecem todo o respeito, a demora do medico nao e culpa deles. Respeitem a enfermagem. Sou a favor do processo contra todos os envolvidos na agressao se este vereador fizesse a parte dele e cobrasse maiores investimentos na saude o hospital nao estaria do jeito que esta e nao haveria aventureiros querendo se aproveitar da situaçao de dor de outros para se promover eleitoralmente. Respeitem os profissionais de enfermagem elesnao tem culpa do sistema degradante que trabalham, medicação tem tempo para fazer efeito infelizmente tem que esperar. Políticos vao trabalhar e nao roubar associar_se conchavos para aumentar salarios. Voces, politicos nao deveriam receber estes salarios extratosfericos que ganham. Ja que estamos ni ambito saude, voces sao um cancer e seus acessores uma metastase. Trabalhem honestamente.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*