Vereador Bodinho vai substituir Ivan em comissão de impeachment contra Atila

 A partir desta quarta-feira (06/02), prefeito tem dez dias úteis para apresentar sua defesa na Câmara

 

bodinho
Bodinho (camisa preta) é sorteado para integrar comissão processante de impeachment contra o prefeito. Foto: Divulgação

 

O vereador de Mauá Vladimilson Garcia, o Bodinho (PRP), vai substituir Ivan Stela (Avante) em uma das comissões processantes que tratam do impeachment do prefeito preso Atila Jacomussi (PSB), preso pela PF (Polícia Federal) em 13 de dezembro. Ivan havia renunciado à função por questões de saúde.

A escolha foi feita por meio de sorteio. O primeiro nome que saiu foi do presidente da Câmara, Vanderley Cavalcante da Silva, o Neycar (SD), no entanto, ele não quis permanecer porque chefia o Legislativo.

Outro que foi sorteado foi o Professor Betinho (DC), que também não quis integrar a comissão, porque seu partido já tem outro vereador nos trabalhos: Sinvaldo Carteiro, que preside a comissão.

O terceiro nome a sair foi o de Bodinho, que aceitou exercer a função. A partir dessa escolha, o prefeito terá dez dias para apresentar defesa nesse processo de impeachment. A Justiça havia suspendido a contagem de prazo até a definição de todos os integrantes da Comissão.

O prefeito é acusado de quebrar de decoro, porque a Polícia Federal o prendeu sob a acusação de arrecadava dinheiro de empresas contratadas pela Prefeitura para dividir com 21 dos 23 vereadores. Todos negam a denúncia.

Além dessa comissão pedida pelo PT, há uma outra protocolada por Davidson Rodrigues de Souza (PSL), que trata de vacância do cargo porque o prefeito foi preso em 13 de dezembro e está afastado do cargo há mais de 15 dias, sem autorização da Câmara, conforme exige a LOM (Lei Orgânica do Município).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*