27 de maio de 2022

Veja as dicas para driblar os problemas causados pelo tempo seco

Mais visitadas

Médico recomenda providências para umidificar os ambientes e cuidados com as vias respiratórias, principalmente em época de pandemia

Tempo quente e seco requer uma atenção especial à saúde no que diz respeito às vias aéreas. Foto: Pixabay

Com tempo quente e seco dos últimos dias, é preciso uma atenção especial à saúde, principalmente no que diz respeito às vias aéreas. A previsão, de acordo com CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), da Prefeitura de São Paulo, é que os índices de umidade do ar devem girar em torno de 20%, o que é classificado como estado de alerta, já que a OMS (Organização Mundial da Saúde) prevê que o ideal é a partir de 40%.

O diretor médico da Qsaúde, Ricardo Casalino, recomenda que exercícios físicos ao ar livre sejam evitados entre 11h e 16h e que os ambientes sejam umidificados com a utilização de bacias com água, toalhas molhadas e, se possível, umidificadores. Também vale fazer hidratação nasal com soro fisiológico, ocular com colírio lubrificante e labial com protetor e hidratante. Nesse período, a ingestão extra de água é importante para pessoas de todas as idades e é ainda mais relevante para crianças e idosos.

Outro fator que pode comprometer a saúde respiratória são as mudanças bruscas no termômetro: agosto começou com recordes de frio e vai chegando ao final, ainda em pleno inverno, com temperaturas superiores a 30 ºC.

De acordo com Casalino, pessoas que têm quadros respiratórios crônicos como rinite alérgica e asma podem apresentar piora dessas condições nesse período. Entre os sintomas, podem estar obstrução nasal, coriza e tosse, além de crises asmáticas. Em meio à pandemia da Covid-19, especialmente com o crescimento da variante Delta, que apresenta sintomas parecidos com os de um resfriado, manter os cuidados preventivos é essencial.

“Esses cuidados são necessários para todos, mas, para quem já tem condições crônicas, são ainda mais importantes. Por isso, é fundamental estar em dia com o acompanhamento do médico de família, que, de acordo com o histórico de saúde daquela pessoa, vai poder identificar os riscos e prescrever os cuidados necessários”, afirma Casalino.
O médico cita, ainda, a importância do uso correto da máscara cobrindo boca e nariz, imprescindível para evitar a contaminação, mas que ajuda a prevenir também outras doenças respiratórias. Segundo o sistema Infogripe, da Fiocruz, a proteção, junto com as medidas de distanciamento motivadas pela pandemia, fez os casos de gripe diminuírem 62,2%.

Na Qsaúde, os clientes recebem acompanhamento constante dos guiasQ, enfermeiros e técnicos de Enfermagem que fazem o monitoramento para orientar sobre as melhores práticas para uma vida mais saudável. Pessoas com doenças crônicas têm atenção redobrada com foco na prevenção.

Conheça a dicas para saúde respiratória especialmente no tempo seco:
1 – Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 16h;
2 – Manter o ambiente umidificado com bacias d’água, toalhas úmidas ou vaporizadores;
3 – Hidratar o nariz com soro fisiológico;
4 – Hidratar os olhos com colírio lubrificante;
5 – Hidratar os lábios com pomada ou batom protetor;
6 – Ingerir muita água;
7 – Usar máscara de proteção cobrindo boca e nariz;
8 – Evitar locais com aglomeração de pessoas.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações