18 de setembro de 2021

Um jovem é baleado em bairro de Santo André que vive onda de violência

Mais visitadas

Moradores do Campestre têm reclamado muito da sequencia de crimes nessa região; Operação policial da semana não foi suficiente para inibir ação de bandidos

Moradores do Campestre têm reclamado da onda de violência; Operação policial da semana não foi suficiente para inibir ação de bandidos. Foto: Divulgação/PSA-Angelo Baima

Nem mesmo a operação feita na semana passada pela GCM e Polícia Civil inibiu a ação dos bandidos que continuam agindo no Bairro Campestre, em Santo André. Os moradores reclamam da onda de violência e da sensação de insegurança. Em uma única noite, dois crimes foram registrados. Uma vítima foi roubada e a outra baleada nesta segunda-feira (03/05).

Um jovem, de 27 anos, ficou ferido após ser alvejado por tiros, na Rua Maria Ortiz, em Santo André.

Uma equipe da PM foi acionada para atender a ocorrência. No local, testemunhas informaram que o homem foi abordado por dois homens em uma moto, que anunciaram o roubo e dispararam contra ele.

A vítima foi socorrida ao CHM (Centro Hospitalar Municipal), onde permanece internada. Um segundo homem, de 36 anos, também teve seu celular roubado pelos mesmos criminosos momentos antes.

O caso foi registrado pelo 1º DP (Distrito Policial) de Santo André como roubo a transeunte e encaminhado ao 4º DP do município.

Outros casos no Campestre

Na última sexta-feira (30/04) duas pessoas foram presas por furto em um mercado localizado na esquina da rua Simão Jorge com rua Marina, no bairro Campestre.

Os funcionários do mercado acionaram a GCM que estava no bairro no momento do furto e as equipes de viaturas setoriais passaram a perseguir os suspeitos. Ao serem avistados foi realizada uma verificação, os mesmos confessaram o crime e foi encontrado o produto do furto, com valor aproximado de R$ 124. A ocorrência foi registrada no 4º Distrito Policial de Santo André e os detidos se encontram à disposição da Justiça.

No início da noite desta sexta, uma nova ocorrência foi atendida nas ações ostensivas. Ao iniciar mais um bloqueio policial pela rua Marina, dentro da Operação Bairro Seguro pelo Campestre, os GCMs suspeitaram de uma moto, que imediatamente empreendeu fuga. As equipes da GCM iniciaram a perseguição que terminou na Praça Lisboa, onde o suspeito conseguiu se evadir e abandonou uma arma.

Operação

A GCM de Santo André e o Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), da Polícia Civil, realizaram na quarta-feira da semana a passada (24/04) uma operação nesse bairro com objetivo de coibir ações criminosas como furtos e roubos.

A Operação Bairro Seguro realizou bloqueios e rondas nas principais vias da região com o auxílio das equipes da Romo (Rondas com Motocicletas) e Romu (Rondas Ostensivas Municipais), e dos agentes da Polícia Civil, priorizando o bem-estar e a segurança dos moradores e comerciantes do bairro. A ação vai continuar nos próximos dias com foco na saturação dos delitos.

Nessa operação, houve a prisão de uma pessoa na avenida Prestes Maia, altura do número 170. O criminoso portava quatro celulares roubados de um estabelecimento comercial. Estes aparelhos roubados eram utilizados pelos funcionários da empresa no momento da ocorrência.

Um dos funcionários, após a deflagração do delito, acionou a Guarda Civil Municipal que já atuava nas ações de saturação do bairro e realizou a perseguição do bandido, com o auxílio das equipes da Romo. A ocorrência foi registrada no 4º DP.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações