São Caetano é a 1ª cidade escolhida pelo Estado para ingressar na rede City Possible

Cerimônia virtual que teve a participação do governador João Doria, do prefeito José Auricchio Júnior e do presidente da Mastercard no Brasil, João Pedro Paro Neto

 

Cerimônia virtual que teve a participação do governador João Doria, do prefeito Auricchio e do presidente da Mastercard no Brasil, João Pedro Paro Neto. Foto: Divulgação/PSCS
Cerimônia virtual que teve a participação do governador João Doria, do prefeito Auricchio e do presidente da Mastercard no Brasil, João Pedro Paro Neto. Foto: Divulgação/PSCS

 

São Caetano do Sul, cidade que tem o melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do País, foi escolhida para aderir à rede City Possible. A iniciativa da Mastercard ganhou o apoio do governo do Estado de São Paulo nesta quinta-feira (30/07), em cerimônia virtual que teve a participação do governador João Doria, do prefeito José Auricchio Júnior e do presidente da empresa no Brasil, João Pedro Paro Neto, e foi acompanhada por outros 121 prefeitos do Estado.

Na ocasião, foi feita uma apresentação da City Possible aos municípios do Estado. O objetivo do programa é impulsionar o desenvolvimento e o crescimento econômico, a inovação e ampliar a rede colaborativa, que atualmente conta com mais de 160 cidades, como Londres, Los Angeles e Helsinque.

São Paulo é o primeiro estado a fazer parte da iniciativa. E, São Caetano, o primeiro município cuja entrada no City Possible foi alavancada a partir da parceria estabelecida entre o Palácio dos Bandeirantes e a Mastercard.

“São Caetano tem o melhor IDH do País. É exemplo na prestação de serviços públicos, fruto também da liderança do prefeito Auricchio”, observou Doria, que discorreu, ainda, sobre o plano de retomada econômica do Estado. “São Paulo lidera a economia brasileira. Se fosse um país, teria o terceiro maior PIB da América Latina, atrás somente do próprio Brasil e do México. Seguimos nesta missão com o compromisso de alavancarmos ainda mais o crescimento.”

Auricchio agradeceu ao Estado e à Mastercard a possibilidade de integração com outras localidades do mundo, e destacou que “cidade inteligente é a cidade que cuida das pessoas”. “Tenho convicção de que as novas tecnologias e a integração entre as cidades terão papel fundamental no aprimoramento de políticas de saúde, na proteção social e na retomada econômica. Este trinômio formado pela iniciativa privada, a academia (universidades nacionais e estrangeiras) e o poder público é fundamental neste conceito, de busca permanente pela qualificação dos serviços.”

Com o programa City Possible, a Mastercard visa estabelecer um novo modelo de engajamento entre os setores público e privado, colaborando com várias grandes cidades globais. A iniciativa envolve outras lideranças do setor privado e importantes instituições acadêmicas, como a Universidade de Harvard, para ajudar a resolver os desafios enfrentados pelos municípios.

“Precisamos compartilhar as boas práticas. Essa é a nossa proposta com a rede colaborativa: trabalhar o futuro usando esse superpoder da colaboração, criando um mundo inclusivo, sustentável e eficiente para todos”, afirmou João Pedro Paro Neto.