10 de agosto de 2022

São Bernardo inicia aplicação da 3ª dose contra a Covid em adolescentes

Mais visitadas

Vacinas estão disponíveis nas 33 UBSs, sem necessidade de agendamento; podem se imunizar os adolescentes que tenham tomado a 2ª dose há pelo menos quatro meses

adolescente sendo vacinada em São Bernardo
São Bernardo inicia aplicação da 3ª dose contra a Covid em adolescentes. Foto: Divulgação/PSBC

A Prefeitura de São Bernardo deu início nesta segunda-feira (30/05) à aplicação da terceira dose contra a Covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, que tenham tomado a segunda há pelo menos quatro meses. A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas. A vacinação ocorre nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade, por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento. Basta apresentar documento de identificação e comprovante de vacinas anteriores.

Para este público serão utilizadas as vacinas da Pfizer e Coronavac, conforme disponibilidade nas unidades de saúde. Ambas as marcas são aprovadas para esta faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No caso dos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer será utilizada, seguindo orientação do Ministério da Saúde.

De acordo com o prefeito Orlando Morando, a liberação da dose adicional reforça ainda mais os cuidados junto a este grupo etário, sobretudo dentro dos ambientes escolares. “Os casos de Covid-19 infelizmente têm aumentado, inclusive, entre os adolescentes. Com a aplicação da terceira dose estamos dando uma camada a mais de proteção a este público e evitando o agravamento de novos casos”, destacou o chefe do Executivo.

Como forma de ampliar a segurança da população contra a doença, a Prefeitura voltou a recomendar, desde o último dia 20, o uso de máscaras em espaços públicos. A iniciativa segue orientação do Comitê de Combate ao Coronavírus do município e tem caráter preventivo. Graças ao avanço da vacinação, os novos casos registrados não impactaram no aumento das internações, que se mantiveram estáveis, bem como o número de óbitos causados pela doença. A recomendação também de estende à rede pública (municipais e estaduais) e privada de ensino.

Horários de funcionamento

O funcionamento das salas de vacinação varia de acordo com o expediente de cada unidade, sendo que 20 equipamentos atuam com horário estendido, das 7h às 22h (Planalto, Parque São Bernardo, Farina, Ferrazópolis, Nazareth, Vila Marchi, Orquídeas, União, Represa, Vila Rosa, Vila Euclides, Demarchi, Leblon, São Pedro, Silvina, Alves Dias, Ipê, Alvarenga, Batistini, Taboão). Nestes locais, a vacinação acontece das 8h às 21h. As demais unidades funcionam das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, com vacinação das 8h às 18h.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações