São Bernardo imuniza 62,4 mil pessoas em campanha contra a Influenza

Prefeitura aguarda que Ministério da Saúde faça reposição das doses para dar prosseguimento à vacinação de idosos e profissionais da saúde

 

São Bernardo imuniza 62,4 mil pessoas em campanha contra a Influenza. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

A primeira fase da Campanha Nacional conta a Influenza, iniciada na segunda-feira (23/03) pela Prefeitura de São Bernardo, já imunizou 62,4 mil pessoas, ou seja, mais da metade do público-alvo estipulado pelo Ministério da Saúde (idosos e profissionais da Saúde). Devido à alta adesão, a Prefeitura aguardará nova reposição das vacinas para dar prosseguimento à campanha, realizada de forma inédita em 33 escolas e em quatro pontos da cidade no formato ‘Drive Thru’.

Somente no primeiro dia de campanha, a Prefeitura de São Bernardo vacinou 33 mil pessoas contra a Influenza. A aplicação precisou ser suspensa na terça-feira (24/03) e foi retomada um dia depois, após o recebimento de mais doses por parte do Ministério da Saúde. Outros 29,4 mil moradores receberam a proteção contra a gripe nesta quarta-feira (25/03), sendo 22,9 mil nas unidades de ensino (das 8h às 17h) e 6,5 mil nos ‘Drive Thru’ (das 9h às 16h).

DESCENTRALIZAÇÃO – A estratégia do Prefeito Orlando Morando de descentralizar a aplicação das vacinas tem como objetivo evitar a aglomeração de pessoas nas 34 Unidades Básicas de Saúde, em especial de idosos, que se enquadram no grupo de risco para o Coronavírus (COVID-19). O município conta com 78.881 idosos e 24.710 funcionários da Saúde, o que soma 103.591 pessoas como público-alvo desta primeira etapa de vacinação.

Apesar da boa adesão dos munícipes nesta primeira fase de vacinação, estrutura especial montada pela Prefeitura evitou longas esperas e aglomeração de pessoas. Os moradores foram organizados em filas com distância mínima de dois metros entre eles. As tendas de imunização foram montadas nas quadras das escolas, ao ar livre, para evitar qualquer contaminação pelo COVID-19.

PRÓXIMAS FASES – A segunda etapa da campanha terá início no dia 16 de abril e terá como alvo professores de escolas públicas e privadas, além de profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Está prevista para sábado (09/05) ‘Dia D de Mobilização Nacional’, data em que terá início a terceira fase de vacinação, destinada a crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e deficientes. A campanha se estenderá até 22 de maio.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*