São Bernardo amplia ações de Segurança com implantação do Detecta

Com início das obras do COI, Prefeitura e Estado dão passo para a integração das forças policiais e do uso da tecnologia no combate ao crime  

 

detecta
São Bernardo amplia ações de Segurança Urbana com implantação do Detecta. Foto: Divulgação/PSBC-Omar Matsumoto

 

A Prefeitura de São Bernardo assinou convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública para a implantação do Sistema Detecta e deu início à implantação do 1º Centro de Operações Integradas (COI) do Estado de São Paulo, na região central da cidade.

Com a assinatura do convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, São Bernardo acaba de se integrar ao Sistema Detecta, o maior big data de informações policiais da América Latina. Implantado pelo Governo do Estado em 2014, o Detecta integra os baços de dados das polícias e imagens de câmeras de diversos órgãos que podem ser acessados por todas as unidades policiais do Estado, melhorando a atuação das polícias civil e militar.

Por meio deste sistema, os policiais têm acesso aos dados do Registro Digital de Ocorrência (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da Polícia Militar, Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de dados de veículos e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

A tecnologia é hoje um importante instrumento de combate ao crime. Suas câmeras não multam, sua função é registrar a passagem de veículos. Essa tecnologia também será incorporada ao Centro Integrado de Monitoramento da Guarda Civil Municipal (GCM) para que colaboremos com a Segurança Pública. Embora a segurança seja um dever do Governo do Estado, segundo a Constituição Federal, deve ter a participação de todos, inclusive da Prefeitura. Dessa forma colaboraremos tanto para inibir os roubos como na recuperação de veículos roubados”, afirmou o prefeito Orlando Morando que assinou o convênio

A solenidade também contou com a presença do secretário estadual de Segurança Pública, o general João Camilo Pires de Campos, da deputada estadual Carla Morando, do secretário municipal de Segurança Urbana, coronel Carlos Alberto dos Santos.

As câmeras do Detecta não multam. Se o fizesse, este serviço estaria integrado com o Detran. O Detecta foi desenvolvido para proteger as pessoas, por essa razão este programa está alocado na Secretaria de Segurança Pública. É fundamental o emprego de tecnologia e a integração das operações entre as diferentes forças para combater o crime”, afirmou o secretário Estadual de Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.

Em São Bernardo foram instaladas 117 câmeras, monitorando 238 faixas em toda a malha viária do município. O convênio ainda prevê a implantação de mais 20 equipamentos que monitorará 41 faixas. Atualmente o Detecta conta com 6.401 leitores de placas em pelo menos 2.850 pontos de todo o Estado de São Paulo. Ao todo, 76 municípios contam com o acesso ao sistema.

Desde sua implantação até o início de abril deste ano, o Detecta contribuiu com a prisão

1º COI DO Estado

Com inauguração prevista para agosto deste ano, o primeiro COI do Estado ficará instalado em um edifício na Avenida Redenção, no centro, onde estava instalada a Secretaria de Assistência Social, deslocada para outro prédio no mesmo complexo. Com 1.900 m², o espaço abrangerá as operações do Batalhão Especial da Polícia Militar (Baep), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes (Dise), e a Delegacia de Investigação de Infrações e Crimes contra o Meio Ambiente (Dicma), da Polícia Civil, além da Guarda Civil Municipal e da Defesa Civil Municipal. As obras serão feitas por meio de um convênio com a Ecovias, representada no evento pelo diretor superintendente, Rui Klein.