17 de maio de 2021

Santo André começa a vacinar munícipes de 65 e 66 anos contra a Covid

Mais visitadas

Mais de 112 mil pessoas foram imunizadas na cidade desde o início da campanha

Santo André começa a vacinar munícipes de 65 e 66 anos contra a Covid. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Santo André iniciou neste domingo (18/04) a vacinação contra a Covid-19 em munícipes de 65 e 66 anos de idade. Serão destinadas a este público 14.270 doses da vacina Oxford/AstraZeneca, produzidas pela Fiocruz, de um total de 23.010 doses que chegaram ao município na última sexta-feira (16/04).

“A antecipação e ampliação da vacinação fazem parte de uma estratégia que Santo André vem adotando para imunizar a nossa gente com eficiência e segurança. Por isso, otimizamos a aplicação das doses, tão logo cheguem ao município. E estamos sempre atrás de mais imunizantes, para garantir que toda a nossa gente receba a proteção contra a Covid-19. Lado a lado com a nossa gente, vamos resistir e superar a pandemia”, pontuou o prefeito Paulo Serra.

Desde o início da campanha, mais de 112 mil pessoas foram vacinadas contra o coronavírus em Santo André. Para ser imunizado, o munícipe precisa realizar agendamento no site psa.santoandre.br/vacinacovid. A partir do cadastro são indicados local, data e horário para a vacinação.

Moradora da Vila Alpina, Eliana Aparecida Xavier Oliveira, de 66 anos, contou que acordou cedo com o coração batendo forte de ansiedade. Foi com o carro decorado com bexigas que traziam mensagens de otimismo e com a frase “Viva o SUS”, que a aposentada recebeu a primeira dose da vacina no drive-thru do Estádio Bruno José Daniel.

“Estou emocionada, esperei muito por esse dia, e graças ao SUS, o meu dia chegou. Acordei animada e vim disposta a ficar na fila o tempo que fosse preciso. O coração está batendo forte e eu estou muito feliz”, comemorou.

No ponto de vacinação é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. Pacientes que estejam passando por tratamento oncológico devem levar, além dos documentos pessoais, uma carta de liberação médica.

A vacinação está sendo realizada das 8h às 17h, em quatro pontos drive-thru: Craisa (acesso no portão 5 pela rua Varsóvia, em Santa Teresinha), Estádio Bruno Daniel (localizado na rua 24 de Maio, na Vila América), estacionamento do Paço Municipal (Praça IV Centenário – Centro) e estacionamento do Grand Plaza Shopping (Avenida Industrial, 600, com acesso pelo portão do Centro Empresarial).

Maria Eunice Cavalcante, de 66 anos, não conseguiu segurar as lágrimas no momento da vacinação. “Eu estou muito emocionada por tudo que a gente viu até agora e por tudo que as pessoas passaram. Graças a Deus ficamos livres dessa, mas infelizmente perdemos pessoas queridas. Cuido da minha mãe de 87 anos e estamos nos protegendo muito, principalmente por causa dela. A gente sente tristeza até por aqueles que não conhecemos. Somos uns pelos outros”, disse.

A partir desta segunda-feira (19), os munícipes de 65 e 66 anos também terão a opção de se vacinar em sete unidades de saúde, estrategicamente escolhidas, para atender o público que não tem carro: USF Dr. Moyses Fucs, Centro de Saúde Escola, USF Vila Guiomar, USF Jardim Alvorada, USF Cidade São Jorge, USF Vila Luzita e USF Parque Miami. Para ser imunizado nesse locais é necessário realizar agendamento.

Munícipes acamados e que estão cadastrados nas unidades de saúde receberão a vacina em domicílio.

Segundo a Secretaria de Saúde, mesmo após a vacinação é necessário manter os protocolos sanitários com a higienização das mãos, distanciamento social e utilização de máscara. Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o cadastramento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004.

Solidariedade – O Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra, está recebendo doações. Quem for se vacinar pode levar 1 kg de alimento não perecível para doar nos drive-thrus. Os alimentos irão para o Banco de Alimentos, que por sua vez entregará para as famílias de maior vulnerabilidade social da cidade.

Mais publicações

2 COMENTÁRIOS

  1. O prefeito de Santo André Paulo Serra e seu secretário de saúde Márcio Chaves deveriam ser presos, pois,deixaram vários profissionais de saúde, principalmente da enfermagem sem vacinar ou que receberam somente uma dose. Esses profissionais são tratados com desdém pelas chefias contratadas politicamente via FUABC, que para nada servem e não resolvem coisa alguma. Vergonhoso.

  2. O prefeito de Santo André Paulo Serra e seu secretário de saúde Márcio Chaves deveriam ser presos, pois,deixaram vários profissionais de saúde, principalmente, da enfermagem sem vacinar ou que receberam somente uma dose. Esses profissionais são tratados com desdém pelas chefias contratadas politicamente via FUABC, que para nada servem e não resolvem coisa alguma. Vergonhoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações