18 de maio de 2021

Doria recebe matéria-prima para produzir mais 5 milhões de vacinas

Mais visitadas

Carga desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos na manhã desta segunda-feira  

Doria recebe matéria-prima para produzir mais 5 milhões de doses de vacina. Foto: Divulgação

O Governador João Doria, o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, e o Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, acompanharam nesta segunda-feira (19) a chegada de mais um lote de 3 mil litros Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), suficientes para a produção local de 5 milhões de doses da vacina do Butantan contra o novo coronavírus. A carga desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos por volta de 6h.

“Estamos recebendo mais 3 mil litros dos insumos da vacina do Butantan que vieram de Pequim, na China, que serão transformados em 5 milhões de doses da vacina. Com isso vamos chegar a 46,4 milhões de doses da vacina. É São Paulo, é o Butantan ajudando a vacinar o Brasil”, disse João Doria.

O lote enviado pela biofarmacêutica Sinovac, parceira internacional do Butantan e do Governo do Estado no desenvolvimento do imunizante chegou em um voo da companhia aérea Turkish Airlines que saiu de Pequim na sexta (16), fez escala em Istambul e em Dakar, até chegar em São Paulo na manhã desta segunda (19).

A matéria-prima recebida nesta segunda-feira passará pelos processos de envase, rotulagem, embalagem e por um rígido processo controle de qualidade antes de serem disponibilizadas para a população por intermédio do Programa Nacional de Imunizações do, coordenado pelo Ministério da Saúde.

Em março o Butantan recebeu uma remessa de 8,2 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), correspondente a cerca de 14 milhões de doses. Outros 11 mil litros de insumos chegaram ao país em fevereiro. No final de 2020 o Butantan já havia recebido IFA que rendeu 3,8 milhões de vacinas.

Na última semana o Butantan chegou a marca de 40,7 milhões de doses entregues ao PNI. Somente em abril foram 4,5 milhões. O total de envios corresponde a 88,4% das 46 milhões de doses previstas até 30 de abril no primeiro contrato do Instituto Butantan com o Ministério da Saúde. Em março foram disponibilizadas 22,7 milhões de doses. Em fevereiro, 4,85 milhões e, em janeiro, 8,7 milhões de unidades.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações