7 de maio de 2021

Sabesp inicia mais uma obra para melhorar abastecimento em Mauá

Mais visitadas

Adutora interligando reservatórios vai aumentar o fornecimento de água aos moradores e dar mais segurança hídrica ao município

 

Sabesp inicia mais uma obra para melhorar abastecimento em Mauá. Foto: Divulgação/Sabesp

A Sabesp iniciou nesta quarta-feira (28/04) em Mauá uma nova  obra para melhorar o abastecimento do município e levar mais água à  população. A Companhia começou a fazer a implantação da Adutora  Mauá-Anchieta, uma tubulação de grande porte para interligar dois  reservatórios de água tratada, dando mais eficiência e segurança hídrica  ao sistema que abastece toda a cidade.

O empreendimento vai atender os bairros São Jorge do Guapituba, Vila  Mercedes, Anchieta, Jardim Primavera, Vila Morelli, Jardim Camila, Jardim  Guapituba, Vila Isabel, Parque das Américas, Vila Assis Brasil, Vila Nossa  Senhora das Vitórias, Jardim Haydee, Vila Noêmia, Jardim Pilar, Vila  Augusto, Jardim Santa Lídia, Vila Correia, Jardim Florida, Vila Falchi e  Jardim Araci, beneficiando diretamente cerca de 73,4 mil pessoas. Além dos  moradores desses bairros, toda a população de Mauá acaba sendo favorecida,  já que a obra alivia o abastecimento para outras regiões do município.

Com 5,5 km de extensão, a adutora vai interligar o Reservatório Mauá ao  novo Reservatório Anchieta, dando mais autonomia ao abastecimento pela  maior capacidade de reservação e transporte de água. O Reservatório  Anchieta será construído pela Sabesp e terá capacidade para armazenar 10  milhões de litros de água tratada. Também será implantada uma estação  elevatória para bombeamento de água. A Sabesp está investindo R$ 33  milhões no conjunto destas obras.

O prefeito Marcelo Oliveira acompanhou o início dos trabalhos, na própria sede da Sabesp, acompanhado do superintendente da Unidade de Negócio Centro da empresa, Roberval Tavares de Souza, e do superintendente da Sama, Rangel Souza da Silva. “A água é um direito de todos e deve ser distribuída com qualidade. Essa é uma importante obra que visa a acabar com um problema crônico no abastecimento de parte da cidade. Esperamos que essa parceria entre a Prefeitura e a Sabesp possa ajudar ainda mais a população de Mauá”, afirmou.

Segundo o representante da autarquia estadual, a atuação em conjunto com o município foi fundamental para evitar que a obra causasse ainda mais impacto na cidade. “Inicialmente, o projeto previa que a adutora percorresse a Avenida Dom José Gaspar, mas,ao mudar para a Avenida Portugal, reduzimos a possibilidade de problemas com linhas de ônibus e com os hospitais, por exemplo”, explicou.

A Companhia está utilizando QR Code na identificação da implantação da  adutora, que tem conclusão prevista para novembro de 2021, e demais  empreendimentos no município, para esclarecer aos moradores o trabalho em  execução. Além das informações sobre a ação em andamento, as placas nos  canteiros de obras têm um QR Code pelo qual o cidadão pode usar o celular  para acessar um vídeo com mais detalhes sobre a obra em questão.

O contrato da Sabesp com Mauá foi assinado em junho de 2020, na gestão do ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB).

De acordo com a autarquia, o contrato garante mais segurança hídrica aos moradores e  “representa um avanço importante” no  abastecimento da cidade, com o fim de interrupções constantes no  fornecimento de água. O trabalho da Companhia começou logo após a  assinatura do contrato, com a realização de estudo de diversas obras como  interligações de redes, prolongamentos e troca de redes, instalação de  válvulas e outros equipamentos para melhoria do abastecimento e  setorização dos reservatórios.

Com essas ações e investimentos de R$ 540 mil, houve um aumento no volume  de água em Mauá de cerca de 200 litros por segundo, beneficiando também  Jardim Oratório, Paranavaí, Nova Mauá, Vila Magini e Parque Aliança, entre  outros bairros. A melhora dos níveis dos reservatórios pelo maior volume  de água de tratada beneficiou diretamente o abastecimento das casas.

A Sabesp vai investir R$ 219 milhões em obras durante o contrato com Mauá.

O município também vai receber da Companhia recursos transferidos ao Fundo Municipal de Saneamento Ambiental e Infraestrutura (FMSAI) num total de R$ 113 milhões, o que eleva o investimento para R$ 332 milhões.

Com presença do prefeito Marcelo Oliveira, Sabesp inicia mais uma obra para melhorar abastecimento em Mauá. Foto: Divulgação/PMA-Edu Guimarães

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações