S.Bernardo aplica 1.584 testes de covid nos alunos e profissionais da educação

Exames fazem parte da primeira fase do inquérito sorológico na Educação, que começou na última terça-feira, para detecção da COVID-19; total será de 3.300 exames nesta etapa

 

São Bernardo aplica 1.584 testes de covid nos alunos e profissionais da educação. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

 

A Prefeitura de São Bernardo segue o trabalho de detecção e contenção da disseminação do coronavírus no município. Desta vez no setor da Educação. A Administração iniciou, na última terça-feira (29/09), a primeira fase do inquérito sorológico e aplicou a testagem em 1.584 pessoas, entre alunos e profissionais da rede de ensino municipal, do 1° ao 5º ano. A primeira fase de testes ocorrerá até o dia 01/10.

Serão 3.300 testes aplicados, de forma aleatória, com sorteio entre 19 escolas municipais, dos nove territórios da cidade, seguindo a metodologia do inquérito sorológico, já aplicado anteriormente. As coletas de exames e de informações estão sendo realizadas pelas Equipes de Saúde da Família, em três escolas, cumprindo todos os protocolos de segurança exigidos pela Vigilância Sanitária.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, a continuidade do mapeamento da incidência da COVID-19 é fundamental para a tomada de decisões. “ Os números da pandemia estão sendo constantemente analisados e estão nos ajudando a nortear a situação e cruzar informações com as demais ações, por meio dos questionários preenchidos a respeito das condições de saúde de cada participante, neste caso do inquérito, por exemplo”, explicou o secretário.

A medida foi aprovada pela autônoma Bruna Melo Faria Medina e por seu filho, Pedro, de 8 anos, estudante da EMEB Benedito Jose de Morais. “Recebi a ligação da Agente de Saúde e não tive dúvidas em trazer meu filho e aceitar participar. Na minha opinião, era a iniciativa que faltava para que possamos enviar nossos filhos de volta às escolas, com tranquilidade e de forma segura. Testar e mapear é importante, um exame caro que muitos não teriam condição de arcar com o valor”, declarou a mãe.

 AULAS PRESENCIAIS – Seguem suspensas as aulas presenciais no município nas unidades municipais, estaduais e particulares. A Prefeitura segue em acompanhamento com setor epidemiológico para avançar nesta decisão. Também já realizou, entre os dias 16 até 24 de setembro, pesquisa, junto aos pais e responsáveis dos alunos da rede municipal sob dois questionamentos: “Você é favorável ao retorno das aulas presenciais em outubro, de acordo com a recomendação do Governo do Estado?”. O resultado final foi 85,9% (não) x 14,1% (sim). Outro questionamento foi: “Se houver retorno das aulas presenciais em outubro, você enviaria o seu filho à escola?”. O resultado foi que 82,2% não enviariam seus filhos à escola, enquanto que 17,8% responderam que sim, enviaram os filhos para as unidades escolares.

TESTAGEM – Desde o início da pandemia, a Prefeitura de São Bernardo já realizou mais de 125 mil testes para Covid-19. Além dos 10,8 mil profissionais da Saúde e da Segurança, todos os pacientes atendidos nas unidades de Saúde com sintomas característicos do Coronavírus são submetidos à coleta de amostras, que são encaminhadas para análise.

 TELEMEDICINA – Outra importante ação do município em combate ao coronavírus, implantada recentemente, em parceria com Instituto Votorantim, a foi a ampliação do atendimento de Telemedicina Inteligente em sua rede de Saúde, de forma gratuita com acesso pelo site da Prefeitura (www.saobernardo.sp.gov.br) e pelo aplicativo “SBC na Palma da Mão).