Restaurantes do iFood têm nomes alterados por mensagens de apoio a Bolsonaro

Mais visitadas

Houve críticas também ao ex-presidente Lula, à ex-vereadora Marielle, assassinada no Rio em 2018, e à vacina da Covid-19

ifood
Restaurantes do iFood têm nomes alterados por outras mensagens. Foto: Divulgação

Neste feriado de Finados (02/11), restaurantes cadastrados no iFood tiveram seus nomes alterados por mensagens contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e também da ex-vereadora Marielle Franco (Psol) e de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), além de mensagens contrárias à vacina.

Quem acessou o aplicativo se deparou com mensagens como: “Lula Ladrão”, “Vacina Mata” ou “Bolsonaro 2022”:

Em nota, o iFood disse que as mudanças afetaram 6% dos restaurantes cadastrados na plataforma e foram feitas de foram indevida por meio da conta de funcionário de prestadora de serviço. De acordo com a empresa, a conta do funcionário “tinha permissão para ajustar informações cadastrais dos restaurantes na plataforma, e que o fez de forma indevida.”

Leia a íntegra da nota

“Na noite de hoje, 2 de novembro, o iFood identificou que alguns estabelecimentos cadastrados na plataforma tiveram seus nomes alterados. Aproximadamente 6% dos estabelecimentos foram afetados. A empresa tomou medidas imediatas para sanar o problema e proteger os dados de restaurantes, consumidores e entregadores. Em investigações preliminares, a empresa informa que não há qualquer indício de vazamento da base de dados pessoais cadastrados na plataforma, tampouco de dados de cartão de crédito”.

Veja as frases

mensagens ifood
Nomes de restaurantes foram trocados por apoio a Bolsonaro e críticas ao ex-presidente Lula, à ex-vereadora Marielle, assassinada no Rio em 2018, e à vacina da Covid-19. Foto: Reprodução

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações