Região do ABCD registra terceiro caso de meningite em março

Caso mais conhecido foi o do neto do ex-presidente Lula que morreu aos 7 anos de idade, no dia 1º de março

Lula tem autorização para participar de velório de neto. Foto: reprodução/Facebook

 

O ABCD registrou terceiro caso de meningite no mês de março. Na última sexta-feira (08/03), o Colégio Petrópolis, de São Bernardo, informou aos pais que um dos alunos está com a doença.

Gostaríamos de solicitar atenção especial aos sintomas respiratórios, dor de cabeça, vômitos, febre e manchas pelo corpo. Além disso, sugerimos a verificação da carteira de vacinação de seus filhos e a orientação de um médico de confiança. Em caso de algum sintoma, solicitamos que procurem atendimento médico antes de retornar à escola”, informou o colégio.

O caso mais conhecido neste mês foi o de Arthur Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que morreu em 1º de março, vitima de meningite bacteriana. Ele estudava no Colégio Darwin, de São Bernardo e morava em Santo André.

Um dia depois da morte de Arthur, foi registrado o segundo caso de meningite de um aluno do Colégio Camminare, situado na Vila Metalúrgica, em Santo André.

Essa doença é uma inflamação das meninges, membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser por bactérias, como o foi caso do neto do Lula, fungos, processos infecciosos ou vírus. Com exceção de Arthur Lula, os outros dois casos foi meningite viral.

Em 2019, 23 pessoas contrariam a doença por bactérias, que é o caso mais grave.

Na rede pública de saúde é possível encontrar a vacina contra a meningocócica tipo C, que é a mais letal, e também para a meningite provocada por bactéria pneumococo. A vacina contra Meningo C faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. A primeira dose é aplicada aos 3 meses de idade, a segunda dose aos 5 meses, e o reforço é aplicado com 12 meses e novamente dos 11 aos 14 anos.

A imunização pentavalente, também disponível no SUS, atua contra agentes que causam a doença. Já para as meningites por vírus não existe imunização.

A meningite tem cura dependendo do tipo e também da agilidade que é detectada a doença.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*