23 de outubro de 2021

PM e guardas são presos após matar motorista em São Bernardo

Mais visitadas

Flávio Santos de Amorim, de 30 anos, foi ao óbito durante cerco policial na avenida Luiz Pequini

Flávio Santos de Amorim, de 30 anos, foi ao óbito durante cerco policial na rua Luiz Pequini. Foto: Reprodução

 

Um PM (Policial Militar) e cinco GCMs (Guardas Civis Municipais) foram presos em flagrante após matar um motorista durante perseguição, em São Bernardo, na manhã do sábado (12/12). O ABCD Jornal divulgou vídeo que circula nas redes sociais e que mostra o momento dos tiros. Na gravação é possível observar viaturas da PM e da GCM cercando o carro. O motorista bateu nas viaturas e fugiu em seu veículo vermelho.

O homem que morreu foi identificado como Flávio Santos de Amorim, de 30 anos. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas constatou o óbito no local.

A prefeitura informou neste domingo (13/12) que, caso os guardas respondam o processo em liberdade, serão afastados dos serviços operacionais.

“Caso os guardas sejam soltos para responder em liberdade, serão afastados dos serviços operacionais e transferidos para funções administrativas. Caso contrário, continuarão à disposição da Justiça. A Prefeitura não compactua com nenhuma forma de abuso cometido pelos guardas e instaurou procedimento interno para apurar a conduta dos envolvidos, por meio da Corregedoria da GCM. Todas as medidas administrativas serão adotadas, podendo chegar à demissão dos funcionários”, afirmou a Prefeitura.

No DP, os GCMs e o PM afirmaram que atiraram no motorista porque pensavam que ele estivesse armado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a Central de Monitoramento do Município de São Bernardo pediu apoio para a Polícia Militar a fim de acompanhar um veículo que tinha desobedecido à ordem de parada da GCM e empreendia fuga.

“O motorista do veículo acompanhado atropelou um motociclista, fez menção de atropelar os Agentes de Segurança e fugiu novamente.  Houve disparos por parte dos GCM e do Policial Militar. O motorista veio à óbito”

A ocorrência foi registrada no 1º Distrito de São Bernardo como homicídio simples, morte decorrente de intervenção policial, resistência e fuga de local de acidente. Foi solicitada perícia no local, além de exames dos indiciados e da vítima ao IML.

Segundo familiares, Flávio trabalhava como motorista particular e teria ido a uma festa durante a madrugada do sábado. Um familiar do motorista disse que o irmão bebia e era usuário de drogas, porém nunca teria se  envolvido com crimes e não teria passagem pela polícia.

A documentação do veículo estava irregular e não se encontrava no nome do motorista que foi morto.

Veja vídeo da fuga e perseguição

 

 

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações