PM libera 147 bloqueios no Estado; trecho Rodoanel em S.Bernardo está na lista

Mais visitadas

Polícia Militar se reúne nesta manhã para definir estratégia para novas ações

 

trecho rodoanel - manifestação
Manifestantes discordam de resultado da eleição e interditaram trecho do Rodoanel na segunda-feira.

 

Até as 6 horas dessa quarta (02/11), a Polícia Militar dissolveu 147 pontos de bloqueio em avenidas da capital e em rodovias estaduais e federais em todo o estado de São Paulo. A PM realiza reunião nesta manhã para avaliar a situação das estradas no Estado e definir prioridades e ações para cada local.
O trabalho feito pela polícia é continuo e as tropas especiais, como Choque e BAEPs, estão sendo utilizadas para desbloquear as vias. Na Capital, o único ponto de concentração de manifestantes acontece na região do Comando Militar do Sudeste, no Paraíso, zona Sul da Capital.
Os bloqueios foram encerrados no Rodoanel Mário Covas, nas cidades de São Bernardo e Itapecerica da Serra.  Na rodovia Hélio Smidt, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.
O governador Rodrigo Garcia determinou, na manhã de ontem (1º/11), às forças de segurança de São Paulo que atuem para o imediato desbloqueio de rodovias em todo estado. A decisão atende determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, para que as forças de segurança tomem medidas imediatas para impedir as ações de bloqueio nas rodovias de todo o país. A decisão de Moraes prevê que as policiais estaduais atuem nas rodovias federais, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Os manifestantes que descumprirem as determinações do STF e resistirem às ações da Polícia Militar, poderão ser multados e presos. A multa prevista é de R$ 100 mil, por hora, para cada veículo que realizar a obstrução de vias. As equipes tentarão a liberação das rodovias pelo diálogo. Se não houver resultado positivo, poderão multar os caminhoneiros e fazer uso progressivo da força.
“Nós procuramos dialogar e negociar com esses manifestantes para que as vias públicas fossem desobstruídas, desde ontem. Hoje pela manhã, em virtude da decisão do Supremo Tribunal Federal, as negociações se encerram e, a partir de agora, nós vamos aplicar aquilo que determina a decisão judicial”, afirmou o governador.

Resultados

A Polícia Militar criou nesta segunda-feira (31) um gabinete de crise e está tomando decisões com base nas novas informações que chegam. A PM está empenhada em negociar com os manifestantes para, com a maior brevidade, liberar as rodovias e restabelecer o fluxo de pessoas e mercadorias.
Dos 147 pontos desbloqueados, sete foram na Capital, 19 na Grande São Paulo e 121 no Interior.

Mais publicações

Últimas publicações