Pavilhão Vera Cruz de S.Bernardo fatura R$ 2,8 milhões em 2 anos

 No período foram cerca de 20 eventos dedicados à indústria audiovisual, feiras e atrações culturais

 

No período foram cerca de 20 eventos dedicados à indústria audiovisual, feiras e atrações culturais. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

 

Patrimônio tombado por sua referência à memória cultural do Grande ABC e do Estado de São Paulo, o Estúdio e Pavilhão Cruz registrou faturamento de R$ 2,8 milhões nos últimos dois anos. A previsão é que, até dezembro, o equipamento totalize R$ 3 milhões em recursos para os cofres públicos, por meio da locação dos galpões. Somente em 2018, foram obtidos aproximadamente R$ 1 milhão no local.

Pela premissa de readequar o uso dessas instalações à sua finalidade original, a Administração trouxe para si a coordenação do Vera Cruz, ainda em 2017 e, de lá para cá, atraiu atenção da iniciativa privada, em especial dos setores de produção audiovisual, além de negócios e serviços, ampliando as opções para feiras temáticas e entretenimento. Com agenda de 2019 já esgotada, desde o fim do primeiro semestre, o complexo se tornou também a casa para as produções da holandesa Endemol que, por meio da Record TV, direcionou as temporadas dos realities “Canta Comigo” e “The Four Brasil” ao local, além do quadro “The Wall”, do programa do Hulk, na Globo, desde a sua primeira edição.

“Nossa agenda de trabalho está focada em resultados que promovam geração de renda, de novos negócios e que realcem a pujança de São Bernardo. Por isso, o Estúdio e Pavilhão Vera Cruz reflete essa nossa estratégia. Ao devolvermos a sua finalidade original, abrimos um novo capítulo para esse emblemático patrimônio, tornando-o ainda um propulsor econômico, mais uma fonte renda ao município. Mas tão importante quanto é que abrimos as suas portas para a população que, agora, podem desfrutar deste espaço”, disse o prefeito Orlando Morando.

Ainda de acordo com o chefe do Executivo, os resultados dessa estratégia podem ser observados pelo retorno positivo das empresas que têm passado pelos galpões. “Dispomos de infraestrutura adequada, inclusive, para situações específicas. As produções têm pontuado as dimensões e amplitude oferecida por essas instalações; e por contar com localização estratégica, próximo de importantes vias de acesso a toda região metropolitana”.

Em 2018, o Estúdio e Pavilhão receberam 12 eventos diferentes, além de ações da própria Administração. Já neste ano, contabilizam-se oito locações, incluindo um dos principais festivais de Gastronomia na região, em duas edições, com cerca de 100 mil visitantes. Além disso, sediou etapa regional do “Feito em São Paulo”, em parceria com o Estado, que trouxe uma degustação com principais pratos da região metropolitana de São Paulo, alçando à final as preferências do júri e do público.

HISTÓRIA

O Estúdio e Pavilhão Vera Cruz foi fundado em 4 de novembro de 1949, por iniciativa dos entusiastas da sétima arte: o produtor teatral Franco Zampari e o industrial Francisco Matarazzo Sobrinho que, ao final daquela década, conviviam com a forte movimentação artística da capital paulista, repleta de cineclubes, abertura de novos museus, além de revistas e seminários que contribuíam para alavancar esse tipo de produção cultural. Os cinco anos de funcionamento dessa companhia cinematográfica renderam 22 montagens, entre curtas e longas metragens, que em alguns casos chegaram a prêmios no Festival de Cannes: “O Cangaceiro”, e os curtas “Painel” e “Santuário”. A maioria destas produções estrelada pelo ícone saudoso Amácio Mazzaropi (1912-1981).

Em seus dias atuais, o prefeito Orlando Morando também escolheu o Vera Cruz para sediar o Jantar de Aniversário da cidade, promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, abrindo suas portas para estimular a arrecadação às entidades cadastradas no Fundo, além de aproximar o empresariado e autoridades dos trabalhos sociais. A cada ano, o já tradicional evento tem atraído cerca de 1.000 convidados e atingido média de R$ 1 milhão, por edição.

INFRAESTRUTURA

O Estúdio e Pavilhão Vera Cruz dispõe de mais de 13 mil m² de estacionamento para aproximadamente 1.000 vagas, aos visitantes. São dois amplos galpões, voltados à realização de eventos ou gravações diversas. Cada unidade apresenta mais de 3,6 mil m² em vão livre, contando ainda com cerca de 20m de pé direito, o que os tornam ideais para receber as mais diferentes estruturas. O Vera Cruz está localizado na Avenida Lucas Nogueira Garcez, nº 856, Jardim do Mar, em São Bernardo.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*