Orlando Morando e Estado efetivam início da urbanização do Alvarenguinha

Mais visitadas

Foram autorizadas, de imediato, as intervenções que beneficiarão moradores de oito loteamentos; investimento total será de R$ 75 milhões e conclusão se dará em 24 meses

secretario Penido e prefeito Orlando Morando no trator
urbanização da região do Alvarenguinha, às margens da Represa Billings, teve início efetivo das obras neste domingo. Foto: Divulgação/PSBC-Omar Matsumoto

Anunciado há cerca de 40 dias pelo governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, e pelo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, a urbanização da região do Alvarenguinha, às margens da Represa Billings, teve início efetivo das obras neste domingo (07/08). O ato da ordem de serviço foi acompanhado pelo chefe do Executivo, além do secretário estadual de Governo, Marcos Penido, do presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Silvio Vasconcellos, vereadores e moradores do entorno.

Ao todo, o processo de urbanização integrada da área, que engloba os núcleos Parque Ideal I e II, Novo Horizonte I e II, Parque dos Químicos, Nova América, Chácara e Cruzeiro do Sul, registra investimento total da ordem de R$ 75 milhões, envolvendo obras desde saneamento, contenção de encostas, pavimentação, regularização fundiária, lazer completo, além de recuperação ambiental do manancial. O prazo para a conclusão dos serviços é em 24 meses. Nesta primeira etapa do projeto, os recursos despendidos são de R$ 34,4 milhões.

Para o prefeito Orlando Morando, este é um dia histórico para São Bernardo, no qual está sendo iniciada uma nova fase para o Grande Alvarenga, e que somente é possível com o aporte estadual para a região. “Este é um projeto grandioso, é quase como construir uma cidade nova do zero, e que só com o orçamento da Prefeitura não conseguiríamos executar. Por isso, a sensibilidade do governo do Estado em investir nesta reurbanização e pautando ainda a recuperação da Billings são um marco para nossa cidade e à população”, declarou Morando, ao destacar ainda outras inúmeras melhorias da gestão estadual para São Bernardo, como investimentos em Saúde, a instalação de duas unidades do Bom Prato, Fábrica de Cultura, entre outros.

De acordo com o secretário de Governo, Marcos Penido, o tempo recorde entre anúncio e começo das obras marcam o compromisso do Estado com a região. “Estamos investindo no sonho das pessoas, no desenvolvimento humano, na geração de empregos, com políticas públicas que cheguem efetivamente à nossa população. Especialmente nesta intervenção, que também cuida do meio ambiente, com a preservação da Represa Billings, este importante manancial que abastece toda nossa região com o bem mais precioso para a vida, que é a água”, reforçou o secretário.

prefeito Orlando Morando assina ordem de serviço
Foram autorizadas, de imediato, as intervenções que beneficiarão moradores de oito loteamentos. Foto: Divulgação/PSBC-Omar Matsumoto

INVESTIMENTOS

O investimento na obra, que será executada pela CDHU, terá um total de R$ 75 milhões, que abrangem implantação de infraestrutura de água, esgoto, iluminação pública, drenagem, pavimentação e sistema viário, contenção de encostas, regularização fundiária, lazer, além de recuperação ambiental. As intervenções visam potencializar a recuperação socioambiental do território, assegurando a conservação das bordas d’água, os remanescentes de Mata Atlântica, bem como os biomas mais impactados na região. Paralelamente, promoverá a convivência entre os modos de vida dos moradores e a preservação do meio ambiente.

As intervenções têm o objetivo de potencializar a recuperação socioambiental do território, assegurando a conservação das bordas d’água e os remanescentes de Mata Atlântica, bem como os biomas mais impactados na região. Paralelamente, promoverá a convivência harmônica entre os modos de vida dos moradores e a preservação do meio ambiente.

A CDHU fará o trabalho técnico social para a mobilização comunitária necessária para a implementação da intervenção. A Prefeitura de São Bernardo do Campo é responsável por disponibilizar o diagnóstico e o conjunto de estudos para subsidiar os projetos e licitação das obras pela CDHU, além da elaboração de projetos básicos e executivos das obras e da regularização fundiária conforme aprovações urbanísticas e ambientais.

URBANIZAÇÃO DO SERRA AZUL

Junto à ordem de serviço para as obras do Alvarenguinha, o secretário Marcos Penido anunciou a reurbanização do bairro Serra Azul, que contemplará outras 1.000 famílias, com investimento de mais R$ 40 milhões.

Mais publicações

Últimas publicações