Nove assessores da vereadora Elian Santana são demitidos

Mais visitadas

 Vereadora está presa na carceragem da Polícia Federal desde 26 de novembro

 

assessores
Gabinete da vereadora Elian não tem mais assessores. Foto: Gislayne Jacinto

 

A Câmara de Santo André demitiu nesta sexta-feira (07/12) nove assessores da vereadora de Santo André Elian assessores Santana (SD). A medida aconteceu após a Justiça decretar nesta semana a prisão preventiva da parlamentar, acusada de participar com outras três pessoas de fraudes em aposentadorias no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e acelerar a concessão de aposentadorias especiais.

O pedido de prisão preventiva foi feito pelo MPF (Ministério Público Federal) e significa que não há prazo para Elian deixar a carceragem da PF (Polícia Federal). Ela foi presa durante a Operação Barbour, deflagrada em 26 de novembro.

A decisão foi estendida a Vitor Mendonça de Souza, servidor da agência do INSS em Diadema, responsável pela aprovação das aposentadorias que foram concedidas mediante pagamento de R$ 9 mil a R$ 15 mil, conforme informou a Polícia Federal. Adair Assah, acusado de ser o intermediário do esquema também teve a prisão preventiva decretada.

A única que será solta é Lucilene Aparecida Ferreira França, chefe de Gabinete de Elian na Câmara. A Justiça apenas aplicou medidas cautelares, como o uso de tornozeleira.

A Câmara ainda não decidiu se convocará o suplente Vavá da Churrascaria (SD) para assumir a vaga da vereadora.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações